Rodrigo Caio é boa aposta do Flamengo

JUCA KFOURI: Rodrigo Caio surgiu no São Paulo como promessa cintilante na quarta-zaga tricolor.

Ganhou a medalha de ouro olímpica em 2016 e parecia ter carreira sem empecilhos pela frente no Morumbi.

Um gesto de fair-play contra o Corinthians foi seu pecado.

Por incrível que pareça passou a ser hostilizado pela torcida são-paulina e gerou descontentamentos até entre seus companheiros.

“Jogador de condomínio, criado pela avó”, foi o mínimo que se disse dele.

Rodrigo Caio na Seleção Brasileira - Foto: lexandre Schneider/Getty Images
Aos poucos, foi perdendo espaço no Tricolor, se machucou e nunca mais encontrou paz para desenvolver seu futebol.

Nas poucas chances que teve ao voltar a ser escalado, falhou aqui e ali e o ambiente para ele acabou.

Como Kaká e Casemiro, virou figura maldita e o melhor que poderia fazer era mesmo procurar novos ares.

A Gávea parece um bom destino.

Aos 25 anos, inteligente e talentoso, pode dar a volta por cima e repetir a trajetória dos ex-são-paulinos que saíram para brilhar.

Tomara que consiga.

O futebol sabe ser cruel e generoso ao mesmo tempo.

Por incrível que pareça passou a ser hostilizado pela torcida são-paulina e gerou descontentamentos até entre seus companheiros.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget