A primeira temporada de Vitinho pelo Flamengo

LANCE: Em julho, o Flamengo anunciou a contratação de Vitinho. O apelido é no diminutivo, mas o investimento foi no aumentativo: cerca de R$ 44 milhões, o maior da história do clube até aqui. O valor foi correspondente à expectativa criada pela torcida, não correspondida neste primeiro semestre no Rubro-Negro. Vindo do CSKA, da Rússia, o camisa 14 demorou a engrenar e, em alguns momentos, chegou a ser alvo de vaias dos torcedores.

Com a promessa de ser o substituto de Vinícius Júnior, que foi para o Real Madrid (ESP),Vitinho foi apresentado à torcida na partida diante do Sport, em um Maracanã lotado, e fez a estreia diante do Grêmio, na Arena do Grêmio, pela Copa do Brasil. Ao todo, foram 27 partidas e três gols – contra Internacional, Paraná e Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro.

Foto: Gilvan de Souza
Apesar do status com o qual chegou, o atacante não foi dono absoluto da posição. Sob o comando do técnico Maurício Barbieri, foi reservas algumas vezes e, contra o Atlético-MG, no Maracanã, chegou a atuar apenas 36 minutos, quando entrou no intervalo e foi substituído no decorrer do segundo tempo.

Na vitória por 3 a 0 contra o Corinthians, no Brasileiro, já sob o comando de Dorival Júnior, fez uma das melhores partidas e mostrou o quão útil poderia ser. Contra o São Paulo, porém, perdeu um gol dentro da área e desperdiçou a chance de garantir a vitória rubro-negra e conquistar mais três pontos em momento crucial da competição. O lance acabou sendo um dos mais marcantes do Flamengo no ano.

Cria da categoria de base do Botafogo, Vitinho tem contrato com o clube da Gávea até o fim de 2022.

SOBE E DESCE

Velocidade
Vitinho veio da Rússia e mostrou, mais próximo ao fim da temporada, que pode ser um jogador importante no Flamengo, com assistências e opção de velocidade pelas pontas, além das bolas paradas. Terá a pré-temporada junto ao restante do elenco para engrenar e fazer valer o investimento.

Faltas
Precisa aprimorar mais as cobranças de faltas. O rendimento neste quesito foi baixo. Sem Paquetá, se torna um dos nomes para ocupar tal posição e ser uma importante arma no time rubro-negro. Precisa ser um pouco mais incisivo na marcação, ajudando o sistema como um todo.

Vindo do CSKA, da Rússia, o camisa 14 demorou a engrenar e, em alguns momentos, chegou a ser alvo de vaias dos torcedores.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget