Com time mais baixo, bola aérea vira preocupação no Flamengo

ESPORTE 24 HORAS: Paulo Chagas

Não é de hoje que o Flamengo sofre com problemas na bola aérea. Na última temporada, o Rubro-Negro foi a equipe que mais tomou gols de cabeça no Campeonato Brasileiro. De acordo com o site de estatísticas Footstats, 16 das 26 vezes em que balançaram as redes da equipe carioca foram em jogadas pelo ar.

Além disso, a estatura do elenco atual caiu com as saídas de Réver e Lucas Paquetá, que ajudavam nas jogadas de bolas aéreas. Contratados para substituir o zagueiro e o meia, Rodrigo Caio e Arrascaeta são consideravelmente mais baixos que os ex-Flamengo. O defensor (1,82) é 10 centímetros mais baixo que o antigo Camisa 15. Já o uruguaio está há oito centímetros de distância dos 1,80 de Paquetá.

Rodrigo Caio, zagueiro do Flamengo - Foto: Divulgação
As reposições com menos estatura não são a únicas coisas que geram preocupação ao jogo aéreo rubro-negro. Afinal, jogadores com funções estratégicas do elenco do Flamengo também não tem tanta estatura. Parceiro de zaga de Rodrigo Caio, Léo Duarte tem 1,83. Já Cuellar, responsável por proteger a defesa, é sete centímetros mais baixo que o zagueiro.

Parceiro de Cuellar no meio de campo, Willian Arão é o jogador mais alto do centro criativo do Flamengo, com 1,81. Everton Ribeiro e Diego têm 1,74 e 1,75, respectivamente. Já Piris da Motta tem três centímetros a mais que o Camisa 10 da Gávea. Além disso, dos alvos rubro-negros no mercado, apenas um passa dos 1,85.

Flamengo tenta aumentar a estatura da defesa
Miranda, atualmente na Inter de Milão-ITA, é um dos alvos do Flamengo. Com 1,86 e um dos grandes zagueiros na Europa, no quesito jogo aéreo, desde os tempos de Atletico de Madrid-ESP, o defensor pode ajudar o Mais Querido a solucionar um problema que vem se perpetuando há algumas temporadas.

Além disso, o Flamengo também pode repatriar o lateral esquerdo Jorge. Cria das categorias de base, está acima da média de altura dos jogadores da sua função. Com 1,84, o defensor supera Renê (1,74) e Miguel Trauco (1,70). Emprestado ao Porto-POR pelo Monaco-FRA, o jogador pode ser cedido pela equipe francesa ao Mais Querido, em breve.

O defensor (1,82) é 10 centímetros mais baixo que o antigo Camisa 15. Já o uruguaio está há oito centímetros de distância dos 1,80 de Paquetá.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget