Diego Alves volta ao Flamengo aos gritos de "melhor do Brasil"

GLOBO ESPORTE: Ano novo, vida nova. O clichê é mais do que batido, mas Diego Alves tem licença poética para usá-lo neste início de 2019. Da polêmica ao protagonismo, o goleiro foi decisivo no 2 a 2 do Flamengo com o Ajax na estreia da temporada, pela Flórida Cup.

E Diego Alves nem precisou fazer uso de sua especialidade na vitória por 4 a 3 em disputa por pênaltis no estádio do Orlando City, na noite de quinta-feira. Nos 90 minutos, o camisa 1 já tinha feito o suficiente para justificar a pacificação nos bastidores rubro-negros com direito a borracha no passado recente.

Diego Alves, goleiro do Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Foram ao menos seis intervenções decisivas diante dos holandeses, tornando-o responsável direto por segurar o empate. Diego Alves foi ainda o único jogador brasileiro a permanecer toda partida em campo. Recompensa para matar a saudade.

A última exibição tinha acontecido dia 26 de setembro, na eliminação para o Corinthians na semifinal da Copa do Brasil. Desde então, uma montanha russa como a dos parques de Orlando ditou o rumo de sua carreira.

Lesionou-se, foi barrado por César, recusou-se a viajar para enfrentar o Paraná, entrou em conflito com Dorival Jr., foi afastado, recebeu propostas do exterior e, por fim, bandeira branca da nova diretoria. O aval que faltava veio das arquibancadas.

O torcedor presente na Flórida demonstrou apoio ao goleiro desde o aquecimento e terminou a partida aos gritos de “melhor goleiro do Brasil”. Carinho e respaldo que Diego Alves já tinha recebido de Abel Braga:

- ‪Eu já tinha definido pelo grande goleiro que é, pela experiência. Não tinha nenhuma dúvida. Mas fiquei feliz que, depois de tudo que ocorreu, onde eu fiquei sempre na neutralidade, colocando a instituição acima de tudo, o jogador fez uma partida admirável - justificou o treinador.

‪E o goleiro parece mesmo em alta com o novo chefe. Além de titular, Diego terminou a partida com a braçadeira de capitão no braço. Volta por cima individual que ele deixa em segundo plano:

- Foi uma festa bonita, temos que agradecer ao torcedor. O americano não está acostumado com essa festa. Mais do que o resultado, o importante é somar minutos e se preparar nessa temporada. Independentemente de ser titular ou não, temos que estar preparados.

A leveza nas palavras, por sua vez, se confunde com a preocupação com o tema a ser abordado. Antes de começar a entrevista, Alves deu a “ordem” com o sorriso no rosto ao ser aproximar da reportagem da Globo:

- Aquela pergunta não pode, né? Já sabe. Vamos falar do jogo.

Qual seria “aquela pergunta” o goleiro não especificou. Mas as seis defesas importantes na abertura da temporada serviram de resposta ao torcedor para uma questão que o próprio Abel deixou claro: Diego Alves é novamente o dono da posição no gol do Flamengo.

O camisa 1 já tinha feito o suficiente para justificar a pacificação nos bastidores rubro-negros com direito a borracha no passado recente.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget