Fla estreia com fome de títulos, favoritismo e muita responsabilidade

LANCE: A temporada de 2019 começará para o Flamengo no domingo e direção, elenco e comissão técnica estão cientes: a cobrança por títulos neste ano será enorme. Por isso, a importância de iniciar bem o Carioca, vencendo o Bangu, está sendo destacada pelos jogadores. O titular Cuéllar lembrou os troféus que não foram conquistados no ano passado e garantiu: a equipe está com 'fome de troféus'.

- É o primeiro jogo de um time com vontade de vencer e conquistar coisas importantes esse ano. Ficamos devendo ano passado e esse ano estamos com o pensamento de vencer - afirmou o colombiano, antes de convocar a Nação:

- Ter o Flamengo jogando no Maracanã sempre é um motivo de ir. A torcida do Flamengo é muito bonita. Peço a torcida que nos acompanhe e nos apoie.

Gabigol em treino do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
A conquista do Carioca será importante, uma vez que o Flamengo entra como favorito diante dos rivais Botafogo, Fluminense e Vasco, mas os títulos da Libertadores e do Brasileirão, além da Copa do Brasil, são os objetivos do clube.

Nos últimos anos, o time bateu na trave: foi vice do Brasileiro em 2018, vice da Copa do Brasil e da Sul-Americana em 2017. Já na Liberta, as quedas precoces foram frustrantes e aumentam a responsabilidade do atual elenco - reforçado para este ano. A diretoria investiu alto em Gabigol, Arrascaeta e Rodrigo Caio.

Cuéllar, contudo, ressalta que as contratações não são garantias de conquistas, lembrando a responsabilidade de defender o Fla e respeitar os adversários.

- Independente do rival, o Flamengo sempre entra nos jogos com a obrigação de ganhar o jogo. O investimento não garante que ganharemos tudo. Em campo, são 11 contra 11. Vamos entrar com a camisa do Flamengo e é uma responsabilidade muito grande - afirmou o colombiano, que estreou pelo time da Gávea em fevereiro de 2016 e disputou 139 jogos com o manto rubro-negro.

ZAGUEIRO BUSCA ENTROSAMENTO E ELOGIA RECEPÇÃO DOS JOGADORES

Diante do Bangu, o Flamengo só terá uma cara nova em relação a 2018: o zagueiro Rodrigo Caio, confirmando entre os titulares por Abel Braga. O atacante Gabigol e o meia Arrascaeta serão apresentados, no gramado do Maracanã, aos torcedores, mas não serão escalados pelo treinador.

Ainda buscando maior adaptação ao clube e ao trabalho do técnico, Rodrigo Caio afirma que o entrosamento com os companheiros está sendo o melhor possível. A recepção foi boa e, durante os treinos - em dois períodos até sexta -, o defensor está procurando conhecer a preferência de cada parceiro.

- Estou procurando me entrosar com eles e os treinamentos facilitam muito. Já praticamente conheço todos os jogadores dentro do grupo. Dentro do treino, procuro perceber tudo do jogador. Como ataca, como marca. Gosto de ver isso. A adaptação foi muito boa e tenho certeza de que nossa estreia será ótima.

Além de Rodrigo Caio, o Flamengo terá o "reforço" de Diego Alves debaixo das traves. A situação do goleiro, que terminou 2018 em atrito com a diretoria e o técnico Dorival Júnior, foi contornada pelo VP de futebol Marcos Braz e Abelão.

A conquista do Carioca será importante, uma vez que o Flamengo entra como favorito diante dos rivais Botafogo, Fluminense e Vasco.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget