Flamengo inicia contra o Bangu a perseguição aos títulos

EXTRA GLOBO: Festa no Maracanã, com a torcida esbanjando otimismo, empolgada com os reforços e sedenta por títulos. Esse é o cenário que ambienta a estreia do Flamengo em competições oficiais na temporada — a mais promissora dos últimos anos. Contra o Bangu, às 17h, o Rubro-Negro inicia sua trajetória em 2019 com o objetivo de conquistar o maior número possível de troféus, a começar pelo Campeonato Estadual.

Nesta primeira rodada da Taça Guanabara, não há certeza de força máxima, já que o técnico Abel Braga planeja dar rodagem ao elenco, com o intuito de evitar desgaste. Mas Rodrigo Caio, o primeiro dos três reforços anunciados até aqui, é presença certa entre os titulares.

— Vai ser um time muito competitivo, que vai brigar por todas as competições pelo elenco que tem, pela grandeza do clube e pela vontade dos jogadores — disse o zagueiro, que se destacou na conquista do Torneio da Flórida, no último dia 12: — Fizemos treinos muito fortes. Estamos preparados para começar o Estadual.

Jogadores se divertindo em treino do Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Os outros dois nomes badalados trazidos pelo Flamengo, o atacante Gabigol e o meia Arrascaeta, estarão no Maracanã, mas não vão jogar. Serão apresentados à torcida no gramado, numa festa antes do apito inicial.

Começar o ano no Maracanã também tem um simbolismo. Ano passado, algumas frustrações em casa minaram os objetivos do Rubro-Negro nas três principais competições: Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil. Agora, é hora de pegar o impulso da torcida para fazer o aguardado ano mágico se concretizar.

— É sempre bonito assistir ao primeiro jogo do time, que está com vontade de vencer, de conquistar coisas importantes este ano — disse o volante Cuéllar.

Primeiro teste para a filosofia de Abel Braga

Embora o Flamengo tenha feito duas partidas no Torneio da Flórida, a primeira prova real do comportamento do time será vista hoje, já que os jogos da pré-temporada são marcados pelas substituições em massa. Contra o Bangu, chegará a hora de ver se Abel Braga já conseguiu passar algumas de suas filosofias de jogo ao grupo. Pelo que contou o zagueiro Rhodolfo, a valorização de posse de bola deve continuar:

— Cada treinador tem um estilo diferente. O Abel quer um time mais junto. Temos muita qualidade desde o zagueiro ao atacante. Temos que tocar a bola.

Abel tem ressaltado que não há lugares cativos na equipe titular. E, mesmo com menos de um mês no novo emprego, vem colhendo elogios de seus comandados.

— Ele é um cara que entende muito de futebol, não é à toa que é campeão — afirmou o meia Éverton Ribeiro: — Assimilamos bem, é um trabalho fácil de entender. Temos muito o que aprender com ele.

O Rubro-Negro inicia sua trajetória em 2019 com o objetivo de conquistar o maior número possível de troféus, a começar pelo Estadual.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget