Florida Cup já é mais do que 2018 do Flamengo inteiro

ESPN FC: Por João Luis Jr.

Por mais que a nossa torcida esteja desesperada por títulos e seja tentador ver a Florida Cup como um torneio internacional, é preciso analisar a competição que vencemos hoje nos Estados Unidos por aquilo que ela realmente é: um torneio de férias onde os Simpsons tiram foto junto com as equipes e os moleques da base tem a oportunidade de comprar Iphone por um valor mais em conta, porque tá maluca essa cotação do dólar, né, meu amigo.

Mas ainda que nenhum rubro-negro vá acordar mais cedo pra chegar na banca amanhã e pedir um jornal com o pôster do time campeão, por mais que tenhamos vencido de um Ajax majoritariamente reserva e um Frankfurt que tem jogadores capazes de levar chapéu do Renê, a Florida Cup foi sim muito importante para realizar algumas observações e projeções iniciais para essa temporada.

Flamengo campeão da Florida Cup 2019 - Foto: Igor Castro/Rafael Ribeiro
Primeiro sobre a postura de Abel Braga. Se o Flamengo anteriormente parecia ter se especializado em técnicos jovens e de postura tranquila na beira do campo, o novo treinador deixou claro que apesar de tecnicamente já ser um cidadão idoso ele está 100% disposto a xingar a bandeirinha numa língua que ele não conhece por conta de um impedimento durante um torneio amistoso. Destaque também para o momento, aos 15 minutos do segundo tempo, em que ele avisou para a equipe que o jogo tinha começado porque “parecia que ninguém tinha notado”. Se fosse meu avô eu estaria preocupado? Claro. Mas enquanto técnico do Flamengo eu acho corretíssimo? Com certeza.

Depois quanto á base, que Abel parece bem disposto a aproveitar. Jean Lucas claramente é um jogador de qualidade, que merece ser usado com calma e não lançado em fogueiras como a Libertadores do ano passado, assim como Ronaldo e Vitor Gabriel, que não tiveram tanto tempo em campo e sofreram com a falta de entrosamento mas mostraram que podem sim compor o elenco e ser, por exemplo, a base de um bom time reserva para o estadual.

Entre o time principal tivemos mais uma partida de poucas surpresas. Diego segue chamando a responsabilidade, Rhodolfo assumiu o protagonismo na zaga, Cuellar é um anjo de luz que temos a honra de hospedar na Gávea e Henrique Dourado segue demorando mais tempo para ajeitar o corpo na hora do chute do que se costuma gastar para estacionar um caminhão com o retrovisor quebrado. Rodinei leva vantagem sobre Pará pelo fato de que sendo mais jovem e rápido ele corre mais, erra mais rápido, as jogadas terminam antes e o tempo que passamos sofrendo é menor; e segue valendo o “paradoxo de William Arão”: se o Arão perde bisonhamente todas as chances de gol que aparecem mas essas chances só aparecem porque ele se movimenta bem, nós devemos elogiar a movimentação ou xingar os gols perdidos?

E por fim, um problema que já falamos em 2017, 2018 e que deu as caras também na segunda partida de 2019: a imensa dificuldade desse time para matar a partida mesmo quando o adversário já está desenganado pelos médicos e a família assinou todos os documentos da eutanásia assistida. O Frankfurt tinha um homem a menos, estava amassado na zaga, a equipe rubro-negra tinha toda a posse de bola e criou várias chances mas mesmo assim foi incapaz de decidir o jogo e ainda conseguiu sabe-se deus como inventar formas de se complicar lá atrás. Um time que quer ser campeão precisa vencer jogos complicados? Claro. Mas precisa mais ainda saber aproveitar quando um jogo se torna fácil.

Com o Campeonato Carioca começando semana que vem Abel Braga terá mais partidas ainda para realizar testes, experiências, organizar a equipe com os novos reforços e preparar o time para o que realmente importa: Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão. Afinal, Florida Cup não vale nada e para um time do tamanho do Flamengo o estadual é basicamente um Florida Cup com mais calor e menos gente fantasiada de minion.

Afinal, Florida Cup não vale nada e para um time do tamanho do Flamengo o estadual é basicamente um Florida Cup com mais calor.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget