Itair aprova venda de Arrascaeta ao Fla: "Podem continuar aliciando"

GLOBO ESPORTE: Se antes o Cruzeiro protestou e acusou o Flamengo de aliciamento, agora o clube até brinca com a situação. Isso porque, se por um lado, a Raposa foi surpreendida com a história envolvendo o interesse do clube carioca no meia Arrascaeta — e com a forma como a situação foi conduzida —, por outro, o desfecho da negociação acabou agradando bastante a diretoria cruzeirense.

O vice de futebol Itair Machado, em entrevista ao GloboEsporte.com, brincou com o fato de o Cruzeiro, no fim, ter conseguido um alto valor na venda dos 50% dos direitos econômicos de Arrascaeta que detinha (divididos em partes iguais com um investidor). Assim, o dirigente disse que, se for para pagar altos valores, o Flamengo pode ficar á vontade para aliciar atletas do elenco celeste.

- Para falar a verdade, se for para pagar o preço que eles (Flamengo) pagaram, eles podem continuar vindo atrás de jogador do Cruzeiro, aliciando. Para pagar o que eles pagaram, para o Cruzeiro foi muito bom - destacou Itair.

Foto: Divulgação
O Flamengo vai pagar 13 milhões de euros (aproximadamente R$ 55 milhões) ao Cruzeiro pelos 50% dos direitos econômicos do jogador. Deste valor, a Raposa deveria ficar com 25%, e o investidor com os outros 25%. No entanto, Itair Machado revelou ao GloboEsporte.com, em entrevista na quinta-feira, que o parceiro do clube fez um acordo, abriu mão de um valor, e que o Cruzeiro terá uma fatia maior, ficando com 11 milhões de euros (aproximadamente R$ 47 milhões).

Sobre o fato de o Cruzeiro ter sim, conseguido um valor alto na negociação, mas ter perdido um jogador importante, um dos principais do elenco que terminou a temporada 2018, Itair Machado ressaltou que o time não é feito por um ou outro atleta, e que a força da equipe de Mano Menezes está no conjunto.

- Foi considerada uma ótima venda, porque a gente sabe que o Cruzeiro não é o Thiago Neves, não é o Arrascaeta, o Cruzeiro não é o Fábio, esses jogadores que são mais falados, mais badalados. A gente respeita todos, mas sempre a instituição tem aqueles jogadores mais badalados. O Cruzeiro, hoje, é um conjunto, tem um grande grupo. O Cruzeiro foi campeão não foi pela força de um jogador, foi pela força do grupo. E a gente quer manter isso no Cruzeiro.

Por fim, Itair Machado não acha que a "receita" usada pelo Flamengo, de contratar jogadores considerados "estrelas" e esperar que só isso resulte em um time ganhador de títulos, seja a ideal. Por mais que o dirigente não esconda sua admiração pelo futebol do atacante Gabriel, que estava no Santos, mas que tem contrato com a Inter de Milão, e que também vai reforçar o Flamengo.

- O Cruzeiro é um grupo. Você não acha que levar Gabigol, que você vai ser campeão. Acho ele, hoje, um dos maiores jogadores. Eu, se fosse treinador de seleção, ele era o meu titular da seleção. Gabigol não vai ganhar título para o Flamengo. O que ganha título é o grupo, é um conjunto. As pessoas que estão lá no Flamengo, eles desrespeitaram o Cruzeiro, mas o desrespeito custou caro.

As pessoas que estão lá no Flamengo, eles desrespeitaram o Cruzeiro, mas o desrespeito custou caro, disse ele.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget