Lance! elege Dourado o melhor de Resende 1 x 1 Flamengo

LANCE: Em noite marcada pelas estreias de Gabigol e Arrascaeta, o Flamengo, com muitas mudanças em relação à estreia do Estadual, ficou apenas no empate com o Resende, nesta quarta-feira, no Raulino de Oliveira: 1 a 1. Henrique Dourado marcou belo gol de bicicleta e recebeu a maior nota. Rodinei, por outro lado, ficou devendo.

Veja as notas do LANCE! (Por Matheus Dantas - matheusdantas@lancenet.com.br)

6,5 - César - Pouco foi exigido, mas garantiu o empate com grande defesa em chute de Zambi. O atacante do Resende estava livre na área quando finalizou.

5,5 - Rodinei - Atuação burocrática do camisa 2. O Resende não exigiu muito dele na parte defensiva. Contudo, as subidas ao ataque não tiveram sucesso.

Henrique Dourado comemorando gol pelo Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
6,0 - Matheus Dantas - O jovem zagueiro recebeu sua primeira chance de Abel Braga e não comprometeu. No fim, sentiu o ritmo e foi substituído com cãibras.

6,0 - Léo Duarte - O Resende encontrou alguns espaços em suas costas. Foram por ali os lances de maior perigo. A zaga, como um todo, não foi bem pelo alto.

6,5 - Trauco - Como de costume, o peruano teve destaque na contribuição ofensiva. Boas chegadas à linha de fundo, inclusive com assistência para Dourado.

5,0 - Piris da Motta - O vacilo na marcação, em escanteio, custou caro e o Resende saiu na frente do placar. Errou alguns passes, mas recuperou-se com desarmes.

6,0 - Hugo Moura - Uma apresentação regular do jovem meio-campista. O aproveitamento na saída de bola (acertou 94% dos passes) foi o destaque.

6,5 - Jean Lucas - Garoto fez mais um bom jogo sob o comando de Abel. Tem atuado com mais liberdade para chegar na área rival e pode ameaçar a vaga de Arão.

6,5 - Arrascaeta - Estreia promissora do uruguaio. Iniciou, por exemplo, o lance que resultou no golaço de Henrique Dourado. Deu outros bons passes.

6,0 - Gabigol - O novo camisa 9 do Flamengo buscou o jogo, atuou toda partida e se entregou, mas a falta de ritmo e entrosamento impediu maior destaque.

7,0 - Dourado - O gol de bicicleta ficará marcado na história. Poderia ter sido uma noite mais memorável, mas o Ceifador perdeu as chances de garantir a vitória.

6,5 - Vitinho - Teve o nome pedido pela torcida e entrou na etapa final. Pela direita, levou perigo ao rival e deu ótimo passe para Dourado, que desperdiçou.

6,0 - Thiago Santos - Sua entrada deu maior amplitude ao ataque rubro-negro, dificultando a defesa rival. Vem recebendo chances de Abel e precisa provar seu valor.

6,5 - Cuéllar - Entrou já nos minutos finais da partida, improvisado na zaga com a saída de Matheus Dantas. Foi bem e ainda levou perigo em um chute de longe.

6,0 - Abel Braga - Time teve dificuldades na criação, muito por conta das caras novas e muitas mudanças. Na etapa final, as substituições melhoraram o time.

Henrique Dourado marcou belo gol de bicicleta e recebeu a maior nota. Rodinei, por outro lado, ficou devendo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaTeMorrer1895} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget