Landim e Bap comandaram negociações para contratar Dedé

GILMAR FERREIRA: O presidente Rodolfo Landim andou estrategicamente sumido do noticiário enquanto a cúpula do futebol trabalhava no desfecho para a contratação dos três primeiros reforços do Flamengo para 2019: Rodrigo Caio, Arrascaeta e Gabriel Barbosa.

O executivo eleito no início de dezembro dedicou os os primeiros 30 dias da gestão para resolver a questão do patrocinador master, tema que promete aquecer ainda mais os agitados bastidores do clube nos próximos dias.

Mas na última semana, Landim deixou a discussão comercial sob a coordenação do CEO Reinaldo Belotti e juntou-se a Bruno Spindel na missão de contratar o zagueiro Dedé.

Só que em vez de procurar o vice de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, Landim mudou a estratégia e, junto Luiz Eduardo Baptista, o BAP, vice de relações externas, atuou sobre Fernando Carvalho e Delcir Sonda.

Foto: Divulgação
Eles são os gestores dos fundos que desde 2013 dividem com o Cruzeiro os direitos econômicos de Dedé.

Fernando Carvalho, advogado do LIGA – Participações e Intermediações Ltda, é quem se põe de frente do fundo que se movimenta com o capital dos empresários Meer Mario Kaufmann e Artur Noemio Grynbaum.

O grupo tem 45% dos direitos, comprados ao Vasco por 1,8 milhões de euros, em 2012.

E Delcir Sonda é o cabeça do DIS - Esporte e Organização de Eventos, grupo que comprou 35% dos direitos em 2013, em sociedade com o Cruzeiro, que ficou com outros 20% do total.

E nas conversas francas com os investidores Carvalho e Sonda, a dupla Landim e BAP mostrou o quão vantajosa para todas as partes seria a transferência de Dedé para o Flamengo.

Comenta-se que a oferta poderia ter chegado aos dez milhões de euros para ser dividido entre as partes.

O problema é que como o Cruzeiro tem direito a apenas 20% do dinheiro, a negociação para o clube não é considerada tão vantajosa.

E como os direitos federativos estão protegidos por contrato, tudo dependeria da divisão da quantia oferecida pelo Flamengo.

Ou seja: por ora, Dedé tem mesmo é a de se dedicar ao clube mineiro e manter o nível de suas atuações, visando até sua convocação para a Copa América.

O que não quer dizer que o Flamengo tenha desistido do zagueiro.

Muito pelo contrário...

Vejamos...

E como os direitos federativos estão protegidos por contrato, tudo dependeria da divisão da quantia oferecida pelo Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget