Não tem porque a torcida (ainda) desconfiar do Flamengo

MAURO BETING: “Ter um número desse de gente no Maracanã e não ter empatia com a equipe…”. Abelão sabe o que faz e o que fala. O Flamengo teve mais chances, tem muito mais time que o Bangu e qualquer outro no Rio (e pode ter até no Brasil), teve um a mais que o time de Alfredo Sampaio por 75 minutos, e não fez muito para virar o placar. E ainda não virar o jogo com o torcedor desconfiado demais para ser Flamengo.

Eram mais de 46 mil na arquibancada. Melhor público no século para início de temporada. Mas ainda com algumas birras acumuladas. Vitinho fez bons lances pelo fundo, mas a torcida pegou no pé. Diego ficou bastante com a bola, quis jogo, pisou mais na área. Arão apareceu bastante por lá. Mas Uribe pouco se viu. O goleiro Jeferson fez muito. Até pênalti pegou.

E o Flamengo deveu bola.

Mas não tanto para a torcida seguir desconfiada.

Cuéllar, do Flamengo, contra o Bangu - Foto: Alexandre Vidal
Vai ter mais jogo e muito mais time. E, como sempre, polêmica. A bola saiu no lance de Renê que daria no pênalti que eu também não marcaria. Mas não era fácil para a adicional atropelada ver. E eu não daria mão na bola porque ela vem do peito do atleta do Bangu e bate no braço do defensor. Não teve intenção de usar o braço. Nem tempo.

Como também não se pode cobrar ou cornetar já a desatenção de Rodrigo Caio no gol de Anderson Lessa. Muita calma nessa hora.

Como também não se pode cobrar ou cornetar já a desatenção de Rodrigo Caio no gol de Anderson Lessa. Muita calma nessa hora.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget