Quando um jogador quer sair, ninguém segura

COSME RIMOLI: "Hoje encerrou meu ciclo no Santos quero agradecer a todos funcionários, jogadores, torcida etc.

Fica lembrança de todos os meus momentos bons e ruins que tive, os momentos bons é claro é o que ficará sempre na minha memória.

Sei que alguns vão criticar, outros vão agradecer, a vida é assim nem sempre serão todos que vão te apoiar, terá aqueles que também irão te criticar, e você terá que seguir com erros e acertos.

Tudo que fiz desde a minha chegada, sempre foi com intenção de ajudar com muita dedicação e disposição.

De Arrascaeta e Gabigol no Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Às vezes errei sim sou ser humano igual a todos de carne e osso, mas sempre procurei crescer nos meus erros e cada dia melhorar nos meus acertos.

Nem Deus conseguiu agradar a todos, não vai ser eu que irei conseguir agradar.

Fica aqui meu muito obrigado."

Esta foi a despedida de Bruno Henrique do Santos.

Pelas redes sociais.

O jogador que seria titular de Jorge Sampaoli contra a Ferroviária, simplesmente não apareceu para jogar. Mandou avisar que havia se acertado com o Flamengo.  Deixou o treinador argentino revoltado. A chegada de Everson também tem um lado para acalmar o imprevisível técnico.

A postura forçou o Santos a aceitar os R$ 23 milhões e mais o empréstimo do volante Ronaldo.

Mesmo com Bruno Henrique tendo contrato até 2021.

No sábado, Gonzalo Carneiro, mesmo relacionado para a reserva do São Paulo contra o Mirassol, não apareceu. Simplesmente disse que desejava ser negociado, já que não estava sendo utilizado como titular por André Jardine.

Ele viajou até os Estados Unidos e não entrou no torneio Flórida Cup.

O atacante tem contrato até 2021.

E foi indicado por Diego Lugano e por Diego Aguirre.

Os dois uruguaios acreditavam no compatriota.

Só que, com a saída de Aguirre, o espeço de Carneiro desapareceu.

Como o São Paulo não tem uma proposta forte pelo atacante, Raí se impôs. Conversou com Gonzalo. Ele voltou a treinar. Mas está claro, que se surgir interessado, o clube facilitará sua transferência.

Os dois atletas mostram os efeitos colaterais da postura de Arrascaeta.

O uruguaio que Mano Menezes via como peça fundamental do Cruzeiro em 2019.

Mas que foi seduzido por uma oferta do Flamengo.

Para ganhar três vezes mais.

Pouco importava ter contrato com o clube mineiro até 2021.

Disse que iria jogar no Rio de Janeiro, de qualquer maneira.

Discutiu com os dirigentes e abandonou Belo Horizonte.

Ficou em Montevidéu até tudo ser acertado.

Sua vontade prevaleceu e é jogador do Flamengo.

"Ao contrário do que acontecia na Lei Pelé, os clubes podem ter contratos longos com os jogadores. Mas não têm mais o controle absoluto sobre seus atletas. Quando eles decidem sair e têm coragem para abandonar a equipe, os dirigentes ficam sem saída. E agora acabam cedendo.

É lógico que a postura do Arrascaeta serve de exemplo, estimula outros jogadores.

Mesmo tendo a legalidade ao seu lado, os dirigentes não têm o que fazer.

"Acabou a ditadura dos clubes", resume ao blog um experiente advogado representante de grande equipe do futebol brasileiro.

"Eu não complico.

E nem passo o vexame de implorar.

Jogador quer sair, tchau.

Mas eu quero que seja bom para o Corinthians", diz o presidente Andrés Sanchez.

O Palmeiras não antecipou a renovação de contrato de Dudu duas vezes seguidas, mesmo com o contrato longe de vencer, por acaso. Para que ele não se rebelasse em caso de nova proposta chinesa.

Ele ganhou ótimo aumento para 'ficar' até 2023.

Salários dignos de um clube médio europeu.

Cerca de R$ 800 mil reais, mais bônus por título, artilharia, convocações.

A situação se inverteu.

O poder está nas mãos dos jogadores.

Pelo menos os melhores, que podem sustentar um impasse de meses.

No Brasil.

Porque na Europa, os clubes ainda prevalecem.

Por aqui, o efeito Arrascaeta promete prevalecer.

Na Gávea, o uruguaio é só sorrisos.

Fez o que quis.

E está ganhando três vezes mais.

O Cruzeiro que corra atrás de Rodriguinho...

Discutiu com os dirigentes e abandonou Belo Horizonte. Ficou em Montevidéu até tudo ser acertado. Sua vontade prevaleceu e é jogador do Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget