Base do Flamengo retorna sem mudanças na Comissão Técnica

COLUNA DO FLAMENGO: Por: Higor Neves e Venê Casagrande

A base do Flamengo foi uma das mais vitoriosas do Brasil em 2018, e agora o Rubro-Negro se prepara começar um novo ano em busca de conquistas. Apesar de a Copa São Paulo de Futebol Júnior já ter sido disputada no mês de janeiro, o marco do início da temporada será no dia 18 de fevereiro, quando os atletas se reapresentam após as férias. Os planejamentos para 2019 já foram iniciados. Confira abaixo as principais ideias:

MUDANÇAS NO ELENCO
No retorno, a tendência é que um pequeno grupo de jogadores que encerraram a temporada anterior seja dispensada. Atualmente, a diretoria trabalha com a ideia de liberar até três atletas. No entanto, a atitude não se trata de uma “reformulação”, uma vez que o processo é visto como natural a cada ano. Vale destacar, inclusive, que o zagueiro Patrick, um dos capitães da equipe em 2018, foi emprestado ao FC Midtjylland, da Dinamarca, até o fim do ano.

Foto: Gilvan de Souza
COMISSÃO TÉCNICA MANTIDA
A comissão técnica do sub-20, encabeçada pelo treinador Mauricio de Souza, também conhecido como “Mauricinho”, será mantida. O técnico, aliás, foi o responsável por comandar a equipe na conquista da Copinha de 2018. Além disso, no mesmo ano, ele chegou a ter experiência nos profissionais, como assistente técnico de Mauricio Barbieri.

Ao lado de Mauricio de Souza, Marcio Torres seguirá no cargo de auxiliar técnico da equipe sub-20. Vale destacar que, no período de Mauricinho foi designado ao time principal, Marcio Torres foi quem assumiu o comando dos Garotos do Ninho.

Além deles, outros nomes que seguirão no trabalho com o sub-20 do Flamengo são Arthur Peixoto (preparador físico), Dudu Coimbra (analista de desempenho) e Arthur Figueiredo (supervisor). Além deles, Eduardo Freeland (gerente de futebol), Kadu Borges (coordenador técnico da base) e Ludyo Santos (coordenador técnico do Sub-20).

CALENDÁRIO RUBRO-NEGRO
A primeira partida oficial do calendário rubro-negro será no dia 13 de março, pela primeira fase da Copa do Brasil. Nesta competição, o Fla fará sua estreia longe de casa, por ser a equipe mais bem ranqueada de seu duelo. A fórmula do regulamento segue a utilizada pelo profissional em outros anos: caso vença por dois gols de diferença, não haverá jogo de volta. Porém, nas demais fases, os dois embates serão obrigatórios. Ao todo, o Flamengo disputará sete torneios ao longo de 2019, com calendário podendo ir até o dia 15 de dezembro, quando ocorre a final do Campeonato Brasileiro da categoria.

Ao lado de Mauricio de Souza, Marcio Torres seguirá no cargo de auxiliar técnico da equipe sub-20.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget