Flamengo quer indenizar famílias "o mais rapidamente possível"

UOL: Flamengo e autoridades municipais e estaduais se reuniram nesta segunda-feira (11) na sede do Ministério Público do Rio de Janeiro. Ficou acordado que a defensoria ajudará o clube a indenizar os familiares das dez vítimas do incêndio no CT Ninho do Urubu.

O Rubro-negro arca com custos de traslados, hospedagens e acolhimento psicológico a familiares e sobreviventes. A conversa com o defensor público geral do Rio de Janeiro, Rodrigo Pacheco, tratou do pagamento das indenizações.

"Falamos da nossa vontade de indenizar essas pessoas o mais rapidamente possível. Buscar junto à defensoria pública para que isso possa terminar. É nosso interesse poder acolher as famílias dessas pessoas da melhor forma possível, e da mais rápida. E como vocês sabem esses processos demoram bastante", afirmou o presidente do clube Rodolfo Landim, que fez um pronunciamento sem perguntas dos jornalistas.

Torcedores do Flamengo chorando após tragédia no CT - Foto: Divulgação
Uma câmara de conciliação entre o Flamengo e familiares será criada para discutir os casos. Sabe-se, no entanto, que os envolvidos podem entrar com processos independentemente disso.

As indenizações pela câmara são pagas de forma mais rápida e o clube já assumiu a responsabilidade. Pode ser determinado um montante ou pagamento como pensão. Há ainda a questão de que os menores não tinham salários, apenas vínculos amadores.

O caso
O incêndio aconteceu nas primeiras horas da última sexta-feira (8). Os bombeiros foram acionados às 5h17 (horário de Brasília). O fogo atingiu a ala mais velha do CT, que servia de alojamento para as categorias de base do clube e recebia jogadores de 14 a 17 anos de idade. O local seria desativado e demolido nas próximas semanas. Autoridades do Rio de Janeiro trabalham com um problema no sistema de ar-condicionado do alojamento como principal hipótese para o ocorrido.

O governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, decretou três dias de luto oficial após a tragédia.

As vítimas
Foram confirmados dez mortos e três feridos. As vítimas foram identificadas como Christian Esmeio Candido (15 anos), Vitor Isaías (15 anos), Jorge Eduardo (15 anos), Pablo Henrique da Silva (15 anos), Bernardo Pisetta (14 anos), Arthur Vinicius (14 anos), Athila Paixão (14 anos), Gedson Santos (14 anos), Rykelmo Vianna (16 anos) e Samuel Thomas Rosa (15 anos).

Uma câmara de conciliação entre o Flamengo e familiares será criada para discutir os casos.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget