Flamengo quer negociar com familiares para evitar a Justiça

O GLOBO: A diretoria do Flamengo mudou a estratégia para compensar as famílias da tragédia em seu Centro de Treinamento. Após sinalizar ao Ministério Público e à Defensoria Pública uma oferta financeira de indenização, e ouvir uma contraproposta quase dez vezes maior que o valor total oferecido, o clube partiu para uma nova instância de mediação.

A proposta do clube, segundo o Ministério Público do Trabalho informou nesta quarta-feira, foi de R$ 300 mil a R$ 400 mil de indenização por atleta morto, somado a salários mínimos por dez anos pagos às famílias. Enquanto isso o Ministério Público queria R$ 2 milhões e o pagamento de salários de R$ 10 mil até o momento que o atleta completaria 45 anos, ou seja, por mais trinta anos em média.

O Flamengo não confirma os valores apresentados. Segundo O GLOBO apurou, o clube fez uma proposta sigilosa com quantias mais altas antes de encerrar a mediação no Ministério Público do Trabalho.

Foto: Divulgação
Os dirigentes do Flamengo instauraram nesta quarta-feira um novo núcleo de mediação no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, aos cuidados do desembargador Cesar Cury. Lá, o Flamengo pretende ouvir as famílias sobre os valores que consideram adequados para que não haja processo judicial. O que não ocorreu até agora, já que o Ministério Público tomou a frente das negociações.

A diretoria se sentiu pressionada e até ameaçada pelo Ministério Público, que não é representante de fato dos familiares das vítimas. Segundo o clube, o órgão apresentou cálculos considerados distante do que diz a jurisprudência de casos do tipo em todo o país.

Nesta terça-feira, o Flamengo foi surpreendido por uma nota oficial do MP, na qual o órgão afirma que o clube não aceitou as condições apresentadas. Em seguida, o clube se pronunciou e explicou que ofereceu valores acima de parâmetros vistos em acidentes semelhantes, como o da boate Kiss.

O clube fez uma proposta sigilosa com quantias mais altas antes de encerrar a mediação no Ministério Público do Trabalho.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget