Incêncio pode causas trauma psicológico a atletas do Flamengo

ESPORTE 24 HORAS: Filipe Carbone

O médico e jornalista Luis Fernando Correia falou à Rádio CBN sobre os traumas e cuidados com os jovens envolvidos na tragédia do CT do Flamengo. De acordo com o especialista, é necessário que haja suporte profissional aos sobreviventes e familiares. Luis disse que, por incrível que pareça, eles vão precisar de auxílio justamente por terem sobrevivido.

“Pode soar estranho, mas eles podem passar por problemas psicológicos por terem sobrevivido. Isso vai mexer com a cabeça deles porque eles saíram vivos e os amigos morreram”, disse.

Foto: Divulgação
Três jovens conseguiram escapar do incêndio com ferimentos e outros fugiram do local quando o fogo começou. O médico diz que será necessário um acompanhamento psicológico por tempo prolongado devido ao estresse pós traumático. O caso, segundo ele, é muito próximo ao dos envolvidos na tragédia da barragem de Brumadinho.

“O suporte nessa situação requer uma atenção específica. Os sobreviventes vão precisar passar por atendimento médico por um tempo prolongado. O estresse de terem sobrevivido e visto conhecidos morrerem pode gerar transtornos no futuro”.

Cuidados com a família
No entanto, além dos atletas e funcionários envolvidos na tragédia, o médico também falou sobre a importância do acompanhamento familiar. De acordo com ele, é necessário que a família seja abraçada pelo clube e que haja atendimento profissional desde o início.

“Essas famílias precisam ser acolhidas de maneira profissional desde o inicio. Isso faz parte do protocolo de atendimento de grandes tragédias. A comunicação com os familiares não deve ser feita pelos veículos de imprensa. Eles precisam ser isolados para que consigam receber apoio de saúde mental desde o início”, disse.

Luis falou que ações “comuns” para pessoas que estão de fora se tornam extremamente dolorosa para familiares.

“Existe os procedimentos burocráticos que fazem parte desses momentos. É necessário que seja feito a coleta de material genético para a identificação dos corpos. Pode soar simples, mas quem passa por esse procedimento sobre um peso enorme. É preciso que isso seja feito em um ambiente sem nenhuma influência externa”, concluiu.

A tragédia no CT do Flamengo
Um incêndio de grandes proporções atingiu o Centro de Treinamentos do Flamengo, por volta das 5h desta sexta-feira (8), em Vargem Grande.  A tragédia deixou 10 mortos e três pessoas feridas no local.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, entre os feridos há uma pessoa em estado grave. Além disso, as vítimas ainda não foram identificadas.

Às 7h20, as chamas já estavam sob controle, segundo a corporação. O trabalho de combate ao incêndio foi complicado. O fogo se alastrou rápido. A corporação ainda não conseguiu identificar o que provou o incêndio que destruiu uma unidade do local. A operação de isolamento, no entanto, foi ágil e evitou que o fogo atingisse outras construções. Na área da destruição, os bombeiros encontraram postes retorcidos e equipamentos incinerados.

A diretoria do Flamengo disponibilizou uma equipe do departamento jurídico para informar e prestar apoio às famílias das vítimas.

De acordo com o especialista, é necessário que haja suporte profissional aos sobreviventes e familiares.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget