Rafael Mineiro é um dos trunfos do Flamengo pra disputa do Mundial

SITE OFICIAL DO FLAMENGO: A hora da bola subir está próxima e o Flamengo terá a oportunidade de conquistar o mundo novamente. Nesta sexta-feira (15), o Orgulho da Nação pisará na quadra da Arena Carioca 1 para enfrentar o Austin Spurs, às 21h, na sua estreia na Copa Intercontinental Fiba, buscando a classificação para a final da competição, no domingo. Convidado da entidade como clube representando a sede, e campeão em 2014, o Flamengo terá, além do Austin, atual vencedor da G-League (a liga de desenvolvimento da NBA), o AEK (Grécia) e o San Lorenzo de Almagro (Argentina), respectivos e atuais campeões da Basketball Champions League e da Liga das Américas. O primeiro jogo da noite será entre gregos e argentinos, às 18h, no mesmo local. As partidas terão transmissão do Sportv.

Se ter experiência é requisito para o sucesso, o Flamengo entra em quadra para a disputa a Copa Intercontinental da Fiba com algumas armas. Além, do título conquistado em 2014, quando venceu o Maccabi e conquistou seu maior troféu na história, com as presenças de Olivinha e Marquinhos, mais um jogador possui duas passagens pela competição. O pivô Rafael Mineiro conhece bem esse torneio, tendo disputado a Copa em duas oportunidades.

Foto: Divulgação
Em 2013, jogando pelo Pinheiros, o pivô enfrentou o Olympiacos, então campeão da Euroliga. Foram duas derrotas para os gregos e o vice-campeonato. Dois anos depois, com o Bauru, Rafael enfrentou o Real Madrid, no ginásio do Ibirapuera. No primeiro jogo, uma vitória por 91 a 90. Mas ainda havia o segundo jogo, e o time espanhol levou a melhor, por 91 a 79, ficando com o título na soma final. Às vésperas de mais uma participação, o pivô relembrou as edições anteriores e mostrou como está sua empolgação para essa batalha.

"Tive duas oportunidades de disputar o Mundial, uma sendo campeão da Liga das Américas, pelo Pinheiros. Na segunda, fui convidado pela equipe do Bauru para jogar contra o Real Madrid. Contra o Real, foram dois jogos, vencemos o primeiro, estando quinze pontos atrás e foi sensacional. Depois eu pude acompanhar a conquista do Flamengo e deu mais um gostinho especial. Agora tenho oportunidade de disputar, e pelo Flamengo. A cabeça tem que saber que pode ser uma oportunidade única. Naquela época, era contra o Real Madrid, pensei que talvez não tivesse mais a chance, e agora estou podendo de novo e vou falar isso para os companheiros. É a nossa vez, a nossa oportunidade e vamos em busca deste título", declarou o camisa 12.

Jogar uma competição dessa é bem diferente do habitual. São encontros de escolas bem distintas, com times que trazem um estilo de jogo novo para a quadra. Na edição que começa nesta sexta, o Flamengo encontrará logo de cara o estilo norte-americano. O Austin Spurs é composto por jogadores que buscam seu espaço na NBA, além de outros jogadores que já passaram pela maior liga de basquete do mundo e possuem vasta experiência. Mineiro fez uma análise desta dificuldade, lembrando, inclusive, que o Flamengo já enfrentou o Orlando Magic e equipes sul-americanas na atual temporada.

"É bem difícil jogar. Fizemos um amistoso contra o Orlando, onde você sente o jogo. Os caras são frios, não é como aqui, que é corrido, que às vezes você abre e o outro time se perde. Estão acostumados a jogar, às vezes estão cinco, dez pontos atrás e mantém o ritmo. Foi bom termos feitos os amistosos contra equipes que conhecem aquele esquema da NBA. Se pegarmos um time sul-americano, será algo que estamos mais acostumados. Mas se enfrentarmos o europeu, será um grande time que teremos que nos superar muito para vencer".

Campeão da Copa Super 8 e do Carioca, na temporada, e vindo de cinco vitórias seguidas no NBB, o Flamengo mostra cada vez mais evolução em quadra, o que torna o time mais forte para a competição. A partir da semana da disputa, os jogadores começaram a estudar mais os adversários e como enfrentá-los para conseguir a vaga na final. Para Mineiro, o Flamengo está pronto. Agora é jogar e buscar o resultado.

"Todo jogador já pesquisou um pouco os adversários. A comissão técnica esperou o jogo contra o Franca para falar, mas  eu já fui no YouTube, já pesquisei já vi alguns jogadores deles. A gente sonha jogar contra grandes jogadores. É uma chance de provar que também podemos. É bater de frente e dá um gostinho a mais mostrar que podemos ganhar dos caras. Nosso time vem evoluíndo. Começamos no Carioca, aos poucos fomos entrosando, o time era muito novo, só ficaram três da temporada anterior, e agora estamos encaixados. Fizemos grandes jogos, contra grandes equipes. Estamos preparados para o Mundial", finalizou Rafael Mineiro.

Os ingressos para os jogos da Copa Intercontinental Fiba já estão à venda no site. O torcedor pode comprar individual ou para a competição inteira. A Fiba também oferece transporte gratuito para a Arena Carioca, com partidas em quatro pontos próximos ao local do jogo: Shopping Metropolitano, Portal do Cidade Jardim, Shopping Rio 2 e Hortifruti Abelardo Bueno.

O Flamengo terá, além do Austin, atual vencedor da G-League (a liga de desenvolvimento da NBA), o AEK (Grécia) e o San Lorenzo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget