Rhodolfo não pensa na vantagem do empate do Fla contra o Flu

LANCE: Os resultados de 2018, aliado aos investimentos feitos pela diretoria para este ano, fazem com que o Flamengo seja o grande favorito para a conquista do Campeonato Carioca. No sábado, a equipe de Abel Braga encara a primeira decisão da temporada, e logo contra o rival Fluminense. A partida será no Maracanã e a expectativa na Gávea é por um grande jogo e de muito equilíbrio.

Titular neste início de trabalho de Abel Braga, Rhodolfo elogiou o adversário.

- Equipe muito boa. Vi alguns jogos, conheço bem o treinador, gosta de posse de bola, mas nosso time também gosta. Será um grande jogo e não tem favorito. São 11 contra 11. Eles têm uma equipe qualificada e camisa de peso.

Rhodolfo e Everton Ribeiro no Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Por ter liderado o Grupo C na primeira fase da Taça Guanabara, o Rubro-Negro tem a vantagem do empate diante do Fluminense na semifinal. O Tricolor, por sua vez, só irá para a decisão com uma vitória. Para Rhodolfo, ao entrar em campo, o time de Abel Braga não deve pensar na vantagem e buscar a vitória.

- Não pode estar pensando nisso. A vantagem existe, mas ainda não tivemos um 0 a 0. Tentamos buscar gols em todos jogos. O Abel cobra muito. É pensar na vitória. No final, se estiver empate, a gente tenta abraçar ele - afirmou.

Na outra semifinal, Vasco e Resende se enfrentam no domingo, às 17h, no Maracanã. A decisão da Taça Guanabara será no próximo domingo, dia 17.

CONCORRÊNCIA APROVADA

O setor defensivo do Flamengo passou por mudanças para 2019. O capitão Réver, por exemplo, deixou a Gávea e retornou ao Atlético-MG, enquanto Rodrigo Caio, ex-São Paulo, foi contratado. O desejo da diretoria e do técnico Abel Braga é de reforçar o elenco com a chegada de mais um defensor.

Em janeiro, o clube tentou as contratações de Dedé, do Cruzeiro, e Miranda, da Inter de Milão, da Itália. Situação que, na visão do zagueiro Rhodolfo, é natural.

- Isso é normal. Time grande como o Flamengo tem que contratar mesmo, mas temos zagueiros à altura - disse o camisa 44, antes de elogiar os companheiros:

- Léo Duarte, para mim, foi um dos melhores do ano passado. O Rodrigo Caio é um excelente zagueiro, eu fui campeão onde joguei. Ainda tem o Dantas, Thuler, Dener...Vários de qualidade da base, mas, se outro vier, será bem recebido - disse o defensor com passagens por Grêmio, Athletico e São Paulo.

O setor defensivo do Flamengo passou por mudanças para 2019. O capitão Réver, por exemplo, deixou a Gávea e retornou ao Atlético-MG.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget