Solidariedade ou cumplicidade do Vasco com o Flamengo?

BRUNO VOLOCH: Esqueça a bola quando dentro de campo o Vasco não fez mais do que obrigação derrotando o fraco Resende por 3 a 0.

Nada chamou mais atenção do que a camisa usada pelos jogadores, tema esse que gerou muita discussão, elogios, desentendimento e revolta da minoria.

A atual diretoria leu como grandeza, respeito e reconhecimento aos meninos que se foram naquele trágico acidente da semana passada no Ninho do Urubu.

O conselho do clube, onde residem os mais rigorosos vascaínos, a atitude do presidente Campello depõe contra a história do Vasco colocando na camisa o escudo do maior rival.

Talvez essa seja a questão.

Rival, não inimigo.

Camisa do Vasco com a bandeira do Flamengo - Foto: Divulgação
Muito se fala em demagogia, quando a intenção foi claramente de lembrar o tema por parte dos dirigentes.

Há quem entenda que o Flamengo, culpado pela tragédia, não merecesse qualquer menção, e sim os meninos mortos.

É uma linha que deve ser respeitada até porque ninguém do clube foi (ainda) responsabilizado oficialmente.

A questão é de difícil interpretação, tão difícil quanto deixar o sentimento e a paixão clubística de lado.

Solidariedade ou cumplicidade?

Há quem entenda que o Flamengo, culpado pela tragédia, não merecesse qualquer menção, e sim os meninos mortos.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget