Willian Arão se emociona ao saber que era referência para vítima

GLOBO ESPORTE: Entrevistado na manhã desta quarta no Ninho do Urubu, William Arão comentou sobre os pedidos feitos por parentes de duas das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu, os meninos Jorge Eduardo e Rykelmo. O volante disse ter ficado muito emocionado.

- Eu sai de casa hoje dizendo que não iria chorar. ... Quando fiquei sabendo o pedido da mãe do Jorge, me senti emocionado, junto com minha família. Agora fiquei sabendo que a mão do Rykelmo pediu também. Me sinto honrado de saber que tive uma influência positiva, mesmo eu cometendo erros. Queriam parecer comigo. Para mim é muito forte. Escrevi um texto para a mãe do Jorge. Não vou levá-lo nas costas apenas para o jogo de amanhã. Vou levar par ao resto da minha vida. Marcado para sempre - disse o volante.

Foto: Divulgação
Foto antiga com Jorge Eduardo

- Foi em 2016. Estaria mentido se falasse que lembrava. O contato no dia a dia com essas crianças é emocionante. A gente vê o brilho no olhar delas, os braços arrepiados. Quando vi a foto me emocionei ainda mais, ao saber que eu era um ídolo.

O Flamengo se prepara para mais homenagens nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), no Maracanã, quando enfrenta o Fluminense na semifinal da Taça Guanabara.

O volante do Flamengo comentou sobre os pedidos feitos por parentes de duas das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaTeMorrer1895} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget