Após provocação, diretores do Flamengo foram pra cima de Maxi

GLOBO ESPORTE: O clássico entre Flamengo e Vasco terminou em confusão. Ainda no gramado, os jogadores rubro-negros cercaram o árbitro Wagner Magalhães, que acabou expulsando o atacante Bruno Henrique já com a partida encerrada.

Na saída para o vestiário, mais confusão: Maxi López saiu provocando a torcida do Flamengo, que pegou em seu pé durante boa parte do jogo. O supervisor rubro-negro Gabriel Skinner pediu "respeito à instituição". Houve bate boca, que envolveu também o técnico do Vasco, Alberto Valentim, do Vasco.


Na entrevista coletiva após a partida, Valentim comentou a confusão no corredor para o vestiário, mas procurou minimizar o problema.

- Algum integrante da comissão do Flamengo foi falar com o Maxi, só tentei evitar. Aquele momento de cabeça quente. Mas não teve agressão por parte de ninguém - disse.



Depois, completou afirmando que não havia necessidade de confusão pois o pênalti, segundo ele, foi "claro":

- Não teve nada, gente. Falando do jogo ainda, os jogadores vão ver depois, com calma, que foi pênalti claro, não precisava de toda aquela aglomeração em cima do árbitro. Não teve nada, absolutamente nada de mais grave, vamos seguir em frente.

Houve bate boca, que envolveu também o técnico do Vasco, Alberto Valentim, do Vasco.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget