Conheça Leomir e Fábio Moreno, os 'braços direitos' de Abel no Fla

LANCE: Internado no Hospital Pró-Cardíaco desde a madrugada de quinta-feira, após ter um mal-estar no Maracanã no Fla-Flu, Abel Braga tem recebido visitas diárias de Leomir e Fábio Moreno, seus auxiliares técnicos no Flamengo, que, em sua ausência, têm sido os responsáveis pela preparação do time para a decisão da Taça Rio de domingo, contra o Vasco. Mesmo debilitado e com a indicação médica de repouso, Abelão não deixou de dar suas ideias nas conversas que teve com os dois profissionais, "braços direitos" há muitos anos.

Os dois auxiliares contam com a confiança de Abel Braga e do elenco para a partida no Maracanã. Na visão de César, o grupo já está habituado ao trabalho de Fábio e Leomir, que tomarão as decisões em conjunto com o treinador.

- Os dois tem qualidade para estar no campo. Têm nossa confiança. Eles conversam muito sobre o posicionamento com a gente, nos auxiliam bastante e orientam muito. É uma comissão técnica que está junto. Não vai mudar muita coisa e as decisões que serão tomadas vão ser passadas para o Abel. Ele tem total confiança nos auxiliares. Será bem direcionado - afirmou o goleiro César.

Leomir, auxiliar técnico de Abel Braga no FLamengo - Foto: Alexandre Vidal
É Leomir quem deve ficar a beira do gramado na final. Aos 57 anos, o auxiliar - com passagens por Coritiba, Fluminense e Internacional - completa 20 anos de parceria com o treinador Abel Braga neste ano. O início foi pelo Coxa, em 1999, mas os dois se conheceram em Porto Alegre, dez anos antes. Leomir, então meia, foi comandado por Abelão, iniciando como técnico, no Inter. Foram vice-campeões brasileiros, em 1988, e chegaram à semi da Libertadores em 1989.

Os elogios de Abel ao parceiro não são raros, mas há uma diferença entre os dois: Leomir tem um perfil mais tranquilo em relação ao comandante. Em entrevista à ESPN Brasil, em 2018, o técnico revelou que o auxiliar já recebeu convites para assumir "times grandes", mas recusou. "Só vou pegar sozinho depois que o Abel parar", respondeu o parceiro, segundo o próprio Abelão.

“Comandando é difícil de falar, ainda não os tive como treinador. Profissionais inteligentes, estudiosos, que sabem nos passar as informações. O que nos passarem, será bem compreendido para fazermos no jogo”, disse o goleiro César.

A parceria com Fábio Moreno, por sua vez, começou em 2012, mas os dois já estavam ligados. O atual auxiliar é filho de Roberto Moreno, que trabalhava com Abel Braga desde 2003. Robertinho era um dos responsáveis pelas análises dos adversários, como nas campanhas do Internacional nos títulos da Copa Libertadores, sobre o São Paulo, e também do Mundial de Interclubes, contra o Barcelona, da Espanha, em 2006.

Quando Robertinho faleceu, em agosto de 2012, vítima de uma insuficiência respiratória, Abel Braga convidou Fábio Moreno para sua comissão técnica. Naquele ano, venceram o Brasileirão pelo Fluminense e, desde então, os dois trabalham juntos. O auxiliar técnico, de 36 anos, estava na Ponte Preta antes.

Em 2016, como observador técnico, Fábio Moreno integrou a comissão técnica do Brasil nos Jogos Olímpicos, fazendo parte da conquista da medalha de ouro. Quando Abel decidiu sair do Flu, em  julho de 2017, Fábio permaneceu como auxiliar no Tricolor, trabalhou com Marcelo Oliveira e, com a saída do técnico há três dias do fim do Brasileirão, assumiu o time das Laranjeiras diante do América-MG. A vitória por 1 a 0, no Maraca, garantiu a permanência na Série A.

Abelão não deixou de dar suas ideias nas conversas que teve com os dois profissionais, "braços direitos" há muitos anos.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget