Diego se torna 2º camisa 10 com mais jogos do Fla na Libertadores

COPA LIBERTADORES: Por Raisa Simplício

A noite de quarta-feira foi de festa e muitos gols no Maracanã. Com mais de 60 mil torcedores presentes no estádio, o Flamengo bateu a LDU por 3 a 1 e garantiu a segunda vitória na fase de grupos da Copa CONMEBOL Libertadores. E dois personagens, que carregam o nome em comum, vão poder lembrar com bastante carinho deste triunfo.

Diego Alves, que talvez tenha feito a sua melhor partida desde que chegou ao Flamengo - apesar de ter sido escolhido o melhor em campo somente na estreia, e Diego Ribas, que se tornou o segundo camisa 10 da história do clube com o maior número de partidas na Libertadores, atrás apenas de Zico.

O meia agora soma 12 jogos com o número icônico e superou Renato Augusto, que havia entrado em campo em 11 oportunidades vestindo a camisa 10. Para superar o Galinho de Quintino ainda nesta edição, Diego precisa levar o Rubro-Negro longe, já que Zico é o recordista com 21 jogos.

Diego, capitão do Flamengo na Libertadores - Foto: Divulgação
Graças a Alves, o camisa 10 poderá lembrar com carinho da noite histórica, afinal foi ele quem salvou o xará no final do primeiro tempo. Com o placar em 1 a 0 para o Flamengo aos 44 minutos, Diego errou o bote e acabou tocando em Vega, fazendo um pênalti "bobo" e incontestável. Um momento de tensão e silêncio num Maracanã até então pulsante.

Mas a Nação não demorou a voltar a pulsar. Intriago foi para a bola e o goleiro fez bela defesa no canto esquerdo. A lamentação que poderia abater o time no intervalo deu lugar a mais euforia, com a explosão que parecia um segundo gol no estádio. O nome de Alves foi entoado. O outro Diego, o meia, respirou aliviado.

Com o estádio a seu favor, o Flamengo cresceu ainda mais na partida e anotou mais dois gols no segundo tempo, com Gabigol e Uribe. No finalzinho, a LDU ainda deixou o de honra, em outro pênalti, desta vez cometido por Trauco. Ninguém sentiu falta de uma nova defesa de Diego Alves.

Com a vitória, o Flamengo chegou aos seis pontos e assumiu a liderança isolada do Grupo D. Agora, o Rubro-Negro encara o Penãrol, no dia 3 de abril, no Maracanã. A LDU, com três, encara o San José, na Bolívia, no dia 2 do mesmo mês.

"Vamos ser campeão, vamos Flamengo!", foi o grito que se ouviu forte na noite do jogo número 50 do Flamengo no Maracanã pela CONMEBOL Libertadores.

Diego precisa levar o Flamengo longe, já que Zico é o recordista com 21 jogos.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget