Flamengo é um dos clubes que menos paga comissão a empresários

MARCEL RIZZO: O Corinthians, mais uma vez, foi o clube que mais pagou comissões a intermediários em negociações de atletas, segundo dados da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). O relatório que engloba o período de abril de 2018 a março de 2019 mostra que os paulistas pagaram R$ 34,5 milhões a agentes. O segundo foi o Palmeiras, com R$ 32,88 milhões. O total pago por 40 clubes, segundo dados recebidos pela entidade, foi de R$ 202 milhões.

Entre abril de 2017 e março de 2018, o Corinthians também liderou a lista feita pelo departamento de registos da CBF, com R$ 12,88 milhões. O segundo na ocasião foi o São Paulo, com R$ 4,48 milhões — no relatório deste ano o time do Morumbi pagou em comissões um valor bem maior, de R$ 25,3 milhões. O aumento nos números gerais, segundo apurou o blog com especialistas no assunto, se deve a mais transações dos clubes, mas também maior transparência na hora de repassar os dados.

Foto: Divulgação
Os valores pagos são referentes a contratações e também renovações de contratos. Pelas regras da Fifa, os intermediários (novo nome dado a agentes cadastrados) podem receber comissões ao participarem de transferências, representando treinadores, técnicos e também os clubes. Não há um limite para a porcentagem paga nesses casos, mas a praxe de mercado são 10% do total — a CBF, em 2016, havia limitado essa porcentagem em 3% da remuneração anual bruta do atleta ou da transação, mas depois liberou qualquer valor, desde que esteja estipulado em contrato. Isso consta no Regulamento Nacional de Intermediários (RNI).

A CBF deixa claro no documento que os valores foram os declarados pelos intermediários, como é exigido pelo regulamento da Fifa. Ou seja, pode haver casos em que o pagamento foi omitido. Como mostrou o jornalista Rodrigo Mattos em seu blog em 2018, a CBF admitiu que houve omissões no ano passado e que notificaria os agentes para a regularização da situação.

No caso do Corinthians, 33 intermediários diferentes enviaram para a CBF terem recebido comissões do clube entre abril de 2018 e março de 2019 — os valores não são discriminados por agentes. A empresa que mais se repete é a Elenko Sports, que participou, por exemplo, da transação do atacante Roger, que hoje já está no Ceará. Foram sete transações envolvendo a Elenko e o Corinthians, segundo os dados da CBF.

OS DEZ CLUBES QUE MAIS PAGARAM COMISSÕES NOS ÚLTIMOS 12 MESES (em milhões de R$)

Corinthians: 34.516.402,26
Palmeiras: 32.882.666,80
São Paulo: 25.314.850,18
Grêmio: 16.995.379,70
Internacional: 14.547.681,66
Atlético-MG: 14.227.913,80
Cruzeiro: 11.386.907,50
Santos: 6.758.631,12
Athletico Paranaense: 6.507.000,53
Flamengo: 6.453.413,27

Entre abril de 2017 e março de 2018, o Corinthians também liderou a lista feita pelo departamento de registos da CBF, com R$ 12,88 milhões.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget