Flamengo quase trocou o Ninho do Urubu pelo CFZ

COLUNA DO FLAMENGO: Na gestão do ex-presidente Hélio Ferraz (2002/2003), o Flamengo quase trocou o terreno do Ninho do Urubu e a casa de São Conrado pelo CFZ, do Galinho. Com dificuldades financeiras, o Flamengo não tinha para onde mandar a base, que na época treinava em Sendolândia. O negócio quase foi fechado e estava tudo acertado com o diretor do Centro de Futebol Zico, mas o Maior ídolo da Nação Rubro-Negra não aprovou o negócio. As informações são do Blog Ser Flamengo.

Os últimos anos ficaram marcados pela quantidade de obras no local. Em dezembro de 2016 foi inaugurado o primeiro módulo, para o elenco profissional, mas que ficou pouco tempo usando, já que no final de 2018, um novo módulo foi inaugurado, deixando o antigo – porém novo -, para as categorias da base do clube.

Foto: Divulgação
Até erguer o CT, décadas se passaram. O clube contou com doações de torcedores, teve um longo período com dificuldades financeiras. E, só em 2010, o time adotou o Ninho como local de treinamento, ainda em condições precárias. Foi na administração de Helal, nos anos 80, que o clube comprou o terreno, na Zona Oeste do Rio, com o dinheiro da venda de Zico para a Udinese da Itália.

O negócio quase foi fechado e estava tudo acertado, mas o Maior ídolo da Nação Rubro-Negra não aprovou o negócio.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget