Solução com a bola, Bruno Henrique preocupa o Fla pelos cartões

LANCE: São seis gols e seis assistências em 11 jogos e os números não mentem: Bruno Henrique chegou ao Flamengo e logo tornou-se solução para o time de Abel Braga dentro das quatro linhas. A parceria com Gabriel Barbosa, Diego & Cia não poderia estar funcionando de melhor maneira. Contudo, um aspecto do jogo do camisa 27 começar a preocupar os rubro-negros: os cartões recebidos.

São duas expulsões em clássicos, contra Vasco e Fluminense, e, no total, seis cartões amarelos - cinco no Carioca, um na Copa Libertadores. Desta forma, Bruno Henrique é o jogador mais indisciplinado do Flamengo em 2019 e também está entre os mais faltosos - são 15 infrações. Cuéllar "lidera", com 21.

Bruno Henrique durante Fluminense x Flamengo - Foto: Lucas Merçon
Na tarde desta sexta, Bruno Henrique será julgado na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) pela expulsão contra o Vasco. O atacante, enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), pode pegar de um a seis jogos de suspensão. Como já está suspenso para a final da Taça Rio, o camisa 27, se punido, pode ter encerrada a sua participação no Carioca. O Flamengo ainda disputará as semifinais do Estadual.

Ao ser expulso no fim do primeiro tempo, quando o Flamengo vencia por 1 a 0 o Fluminense - que tinha a vantagem do empate -, Bruno Henrique tornou ainda mais dramática a classificação para a final da Taça Rio. Após o clássico, o camisa 27 desculpou-se aos torcedores, comissão técnica e jogadores do Fla.

Por dois amarelos ou por vermelho direto, Bruno Henrique é o único jogador do Fla que foi expulso no ano.

No Santos, clube que defendeu nas últimas duas temporadas, o atacante já teve problemas com cartões. Em 2017, foram  12 cartões amarelos e três expulsões em 61 partidas.

Pela Libertadores, as expulsões foram contra o Barcelona de Guayaquil, do Equador (derrota por 1 a 0, nas quartas de final, em casa), e The Strongest, da Bolívia (1 a 1, na fase de grupos, como visitante). A terceira expulsão foi diante do Corinthians, no Brasileirão, na derrota por 2 a 0 na Arena, em Itaquera.

Em 2018 pelo Peixe, em temporada marcada pela grave lesão no olho, Bruno Henrique fez 23 partidas - 12 como titular - e recebeu sete cartões amarelos.

A parceria com Gabriel Barbosa, Diego & Cia não poderia estar funcionando de melhor maneira.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget