Uribe x Yony: o duelo colombiano em Flamengo x Fluminense

EXTRA GLOBO: Um Fla-Flu com sotaque espanhol. A disputa de uma das vagas na final da Taça Rio pode ser decidida por pés colombianos. O clássico de hoje, às 21h30, no Maracanã, será palco de um duelo antigo, que teve início no país vizinho e atravessou as fronteiras para ter mais um capítulo. Agora em solo carioca.

Com a decisão do técnico Abel Braga em poupar Gabigol para a maratona de jogos que virá pela frente, Fernando Uribe liderará o ataque do Flamengo diante do Fluminense de seu compatriota Yony González. Será a reedição de um confronto já visto nos gramados colombianos.

Foto: Divulgação
Este ano, eles já se enfrentaram na vitória tricolor pela Taça Guanabara. Mas somente por cerca de 15 minutos, pois Uribe entrou no fim do jogo. No futebol colombiano, no entanto, mediram forças três vezes — todas em 2015, quando González defendia o Envigado e seu rival, o Millonarios. A vantagem foi do hoje centroavante do Flamengo.

O empate sem gols no primeiro duelo, pela fase de classificação do Torneio Apertura, deu a entender que a disputa seria marcada pelo equilíbrio. Mas, nos dois jogos pelas quartas de final da competição, a balança tombou para o lado de Fernando Uribe.

No confronto de ida, ele marcou três vezes em 11 minutos e comandou a goleada do Millonarios por 4 a 0. Na volta, González balançou as redes em duas oportunidades, mas a vitória do Envigado por 3 a 2 (com mais um gol de Uribe) não foi suficiente para evitar a eliminação.

Este ano, no entanto, é González que atravessa melhor momento. Após 15 jogos, já caiu nas graças da torcida. No Estadual, é o artilheiro da equipe ao lado de Luciano, com seis gols, e o segundo maior garçom tricolor, com três assistências. O atacante é ainda quem mais acerta finalizações em todo o campeonato, com 20 chutes na direção do gol.

Uribe, escolhido por Abel Braga para ser o centroavante no Fla-Flu de hoje, iniciou o ano como titular, mas viu o concorrente Gabigol evoluir e perdeu espaço na equipe. O camisa 20 tem dois gols na temporada.

Ao contrário do último domingo, desta vez o Fluminense contará com força máxima diante do Flamengo. Na derrota para o rubro-negro, apenas Paulo Henrique Ganso, dos considerados titulares, foi a campo. Por ter encerrado a fase de classificação como o primeiro colocado do Grupo A, a equipe de Fernando Diniz vai à final da Taça Rio mesmo em caso de empate. Mas o discurso é de que jogar pela igualdade pode ser perigoso.

— Sabemos que, no futebol, essa vantagem do empate não quer dizer nada. (Na Taça GB) O Flamengo jogou com essa vantagem, e foi a gente que ganhou — disse o lateral Gilberto.

Existia a expectativa de o Flamengo escalar o time reserva, mas serão preservados apenas Diego e Gabigol. Os dois jogadores realizaram exames que constataram possibilidades de lesões.

Será a reedição de um confronto já visto nos gramados colombianos.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget