Vitória do Flamengo com ataque letal e defesa em grande noite

GOAL: Raisa Simplicio

O Flamengo fez história diante do San Jose. Nesta quarta-feira(), o time de Abel Braga anotou a primeira vitória em estreias da Copa Libertadores da América fora de casa e tudo isso a 3.700m acima do nível do mar. Impossível ignorar a altitude e a exibição da equipe, que pode não ter sido brilhante, mas teve um segundo tempo bastante digno principalmente por conta de alguns destaques individuais como Bruno Henrique, Diego Alves, Rodrigo Caio, Gabigol e Everton Ribeiro.

Esses cinco jogadores podem ser considerados peça-chave da vitória que rendeu muito mais do que os três pontos ao Flamengo. Internamente, o triunfo foi encarado como uma mudança de clima total, devido a todos os problemas enfrentados pelo clube como instituição no mês de fevereiro. Bruno Henrique parecia não sentir os efeitos da altura, solto, com velocidade e principalmente bastante inteligência enlouquecia a marcação adversária.

Bruno Henrique durante San José x Flamengo, na Libertadores - Foto: Alexandre Vidal
Gabigol, por sua vez, fez a torcida matar a saudade de um centroavante com movimentação, que não fica apenas em uma faixa de campo esperando a bola e desacelerando o jogo. Entrou pelo meio, caiu pelas pontas e se posicionou na área, deu opções aos jogadores e foi letal ao aproveitar a excelente oportunidade dada por Bruno Henrique para sacramentar a vitória do time Rubro-Negro.

Rodrigo Caio foi um monstro na zaga, tanto pelo alto quanto por baixo com desarmes e posicionamento. Citar Léo Duarte é importantíssimo, a dupla se mostrou bem entrosada e junta conseguiu evitar qualquer tipo de perigo da equipe do San José. Diego Alves fez aquela que talvez tenha sido a sua melhor partida com a camisa do Flamengo, seguro no gol, fez grandes defesas não dando chances ao adversário. Além disso, o arqueiro ajudou muito na construção do jogo com a sua reposição de bola.

Por fim, Everton Ribeiro entrou no time para dar o que faltava na segunda etapa, ele ditou o ritmo e melhorou o jogo de Willian Arão e Diego, pois se posicionava para dar mais opções de passe a dupla. O meia também trocou de posição diversas vezes confundindo e dificultando a marcação do San José em um momento em que até mesmo os donos da casa se mostravam cansados.

No segundo jogo da temporada sem sofrer gols, o Flamengo mostrou que virou a chave para jogar a Libertadores e que a concentração foi mais alta do que se costuma ver no Campeonato Carioca. No sábado, a equipe enfrenta o Vasco e justamente por conta da vitória na estreia pode ter tranquilidade e até mesmo pensar em colocar uma equipe mista em campo. Na próxima quarta(13), já tem Libertadores novamente, o confronto é contra a LDU, no Maracanã.

Esses cinco jogadores podem ser considerados peça-chave da vitória que rendeu muito mais do que os três pontos ao Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget