14 dos 20 relacionados para final vieram da Base do Flamengo

LANCE: Há oito dias, quando o Flamengo venceu o Fluminense por 3 a 2 e avançou à fase decisiva da Taça Rio, Abel Braga deixou claro a intenção de escalar times alternativos na semifinal e final com uma condição: ter o respaldo da diretoria. E foi o que aconteceu. Sem Diego e Gabigol, o time da Gávea venceu o Tricolor na última quarta e, no domingo, superou o Vasco com reservas. O título veio nos pênaltis após o 1 a 1 - e deu uma prova da força do elenco rubro-negro.

O título da Taça Rio entra para a história, mas significa pouco para o clube em ano com objetivos maiores. Agora, o Flamengo enfrentará o Fluminense pela semifinal do Campeonato Carioca. Será o quarto Fla-Flu de 2019 e o vencedor terá pela frente o ganhador de Vasco e Bangu na grande decisão do Estadual.

'É a hora que o técnico tem que escutar alguma coisa. E aí, vamos priorizar? Até aqui, não priorizamos nada, mas estão chegando os jogos de três em três dias', disse Abel, após o time avançar na Taça Rio.

Jogadores da Base do Flamengo comemorando título da Taça Rio 2019 - Foto: Alexandre Vidal
Antes, contudo, o Rubro-Negro volta as atenções para a Copa Libertadores - motivo pelo qual os nomes mais importantes do grupo foram preservados. Na quarta-feira, com a equipe principal descansada e com a confiança em alta, o Flamengo receberá o Peñarol, do Uruguai, pela terceira rodada do Grupo D. A expectativa é de mais de 60 mil rubro-negros no Maracanã e o time de Abel  - que voltará ao comando do time - tem tudo para manter os 100% de aproveitamento. Atrás do Fla, com seis pontos, estão a LDU e Peñarol, com três.

Dos 20 relacionados para a decisão, 14 foram revelados nas divisões de base do Flamengo: cinco foram titulares na decisão.

Entre os muitos garotos criados no Ninho do Urubu, dois jogadores mais experientes chamaram a atenção entre reservas do Flamengo diante do Vasco, na decisão da Taça Rio: Vitinho e Arrascaeta, os dois reforços mais caros da história do clube. A status de reserva pode ser momentâneo, afinal, para jogadores e Leomir, quem entrou em campo foi uma equipe alternativa.

Os dois contam com a confiança da comissão técnica e buscam a titularidade. O atacante foi bem, criando as melhores chances do Flamengo na primeira etapa. Fernando Miguel, goleiro do Vasco, evitou o gol do camisa 11. O gol do uruguaio, que levou a decisão para os pênaltis, pode dar ao meia a confiança para, enfim, ganhar sequência no time. Os dois converteram as penalidades.

Dos 20 relacionados para a decisão contra o Vasco, 14 foram revelados nas divisões de base do Flamengo: cinco foram titulares na decisão.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget