As opções de ataque do Flamengo para enfrentar o Vasco

GLOBO ESPORTE: Neste domingo, no estádio Nilton Santos, o Flamengo começa a decidir o título do Campeonato Carioca, contra o Vasco. O time que venceu o San José por 6 a 1, quinta, pela Libertadores, vai ganhar um reforço importante: Gabigol, que cumpriu suspensão. Desta forma, Abel Braga tem um "problema". São quatro vagas no setor ofensivo para cinco fortes candidatos, além de Vitinho, outro utilizado regularmente.

Contra os bolivianos, jogaram Everton Ribeiro, Diego, Arrascaeta e Bruno Henrique. Este último mais centralizado, na função normalmente desempenhada por Gabigol. Mas a grande novidade foi o uruguaio, que aproveitou bem a chance, jogou bem, fez gol e aumentou ainda mais a pressão popular em Abel. Será mantido? volta para o banco? Quem sai para ele permanecer?

- Tudo depende do treinador. A torcida tem pedido para eu jogar, sinto a confiança que tem em mim, isso me dá força para me preparar nos treinos para os jogos. Me sinto bem e pronto para jogar - disse Arrascaeta.

Foto: Divulgação
Para colocar os cinco, a forma de a equipe jogar teria que ser alterada. Improvável em uma final. Neste caso, Arão perderia espaço, mas Abel já indicou reiteradamente que vê o volante como peça fundamental para o equilíbrio do time.

O que cada um pode dar ao time:

Arrascaeta: maior contratação do Flamengo, o uruguaio frequentou o banco de reservas nas principais partidas até agora, mas começou a mostrar sua qualidade e a pressão está grande em cima de Abel para que ele seja titular. Contra o San José, mesmo levando em consideração a fragilidade do adversário, o camisa 14 se destacou bastante.

Além do golaço após matar no peito e acertar um chute no canto, deu dribles de efeito, seis passes para finalizações e oito chutes ao gol. Também conta a seu favor dar mais objetividade ao time. Contra, o fato de ainda não ter o mesmo entrosamento que o restante dos concorrentes.

Bruno Henrique: é a principal opção de velocidade, quem tem mais facilidade para fazer as jogadas de linha de fundo e, por causa da estatura, é o mais perigoso nas jogadas aéreas, um de seus principais trunfos. Vice artilheiro do time no ano com seis gols, tem muito moral com Abel.

Contra o San José, diante da ausência de Gabigol, Bruno Henrique foi escalado para fazer a função de centroavante. Criou algumas chances, ter oportunidades claras, mas as desperdiçou. De positivo, participou de dois lances que terminaram em gol - o de Diego e Everton Ribeiro (o primeiro). Na briga para atuar contra o Vasco, pode pesar contra ele o fato de ter tido uma leve queda de rendimento nas últimas partidas.

Diego: o capitão conta com um grande respeito e admiração de Abel, até pela liderança que exerce. Embora não tenha tido o mesmo brilho que Everton Ribeiro e Arrascaeta na quinta-feira, o camisa 10 também fez gol e se mostrou muito participativo, como de costume. Em alguns momentos segurou a bola demais.

Ao ser substituído por Vitinho, Diego foi aplaudido pela maior parte do Maracanã. Ao sair do campo, não disfarçou o descontentamento e não cumprimentou Abel. Após o jogo, deu entrevista e minimizou, embora tenha reconhecido que "nenhum jogador gosta de sair".

Everton Ribeiro: o camisa 7 vive grande fase e tem sido o principal destaque nos últimos jogos mais importantes. Contra o San José, fez dois gols e cruzou para o gol de Arrascaeta. É o artilheiro do time na Libertadores com três gols, e, além da grande qualidade técnica, é quem demonstra mais versatilidade para se adaptar nas diferentes funções.

Difícil imaginar o meio de campo do Flamengo sem Everton Ribeiro atualmente.

Gabigol: pelas características, o artilheiro da equipe no ano com nove gols também tem vaga praticamente garantida entre os titulares, até pela fase negativa de seu reserva imediato, Uribe. Apesar dos elogios de Abel a Bruno Henrique pelo desempenho como centroavante contra os bolivianos, ele rende melhor pelos lados.

Como não entrou em campo na quinta-feira porque estava suspenso, Gabigol ficou a semana inteira se preparando fisicamente para enfrentar o Vasco neste domingo.

Abel Braga tem um "problema". São quatro vagas no setor ofensivo para cinco fortes candidatos, além de Vitinho, outro utilizado regularmente.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget