Bruno Henrique é o jogador mais decisivo do futebol brasileiro

GLOBO ESPORTE: A bola vai rolar para as finais dos estaduais neste fim de semana. Grande parte dos campeonatos já terão definidos os campeões no sábado ou domingo. Por isso, o Espião Estatístico resolveu elaborar uma lista dos jogadores mais decisivos até o momento neste ano.

O critério para definição de um atleta decisivo é o momento do gol ou assistência na partida. Ou seja, se o jogador definiu para ajudar o time a desempatar um jogo naquele instante ou evitou uma derrota ele é considerado decisivo.

Neste início de ano, oito jogadores dividem a liderança deste ranking. Todos já participaram de nove lances decisivos, seja com gols ou assistências para companheiros. Veja o ranking completo abaixo:


Entre os atletas listados acima, apenas três não entrarão em campo neste fim de semana. Suspenso para a última partida contra o Vasco, Bruno Henrique não irá por à disposição do Flamengo todo seu poderio decisivo: cinco dos seus oito gols no ano foram quando o time empatava ou perdia por um gol de diferença.


Os outros dois não estarão em campo porque seus respectivos times não se classificaram para as finais dos estaduais. Yony González, do Fluminense, e Jean Mota, do Santos, têm quatro gols e cinco assistências decisivas na temporada.

Na final do Paulista, o Corinthians tem à disposição Gustagol e Sornoza, dois dos melhores colocados desta lista. O centroavante marcou sete dos seus oito gols quando a equipe mais precisava na partida e ainda deu outras duas assistências assim.

Pela decisão do Mineiro, Fred é o grande nome do Cruzeiro para decidir. Sete de seus 14 gols foram decisivos, além de duas das quatro assistências que deu no ano. Diferente de Fred, Ricardo Oliveira marcou no primeiro jogo e mostrou seu poder de decisão. Em 2019, o atacante do Galo participou de nove lances assim.

Na final do Catarinense, Avaí e Chapecoense medem forças e um atleta de cada lado tem mostrado poder de decisão neste ano. Tanto é que ambos foram decisivos no jogo anterior do estadual. Diante do Criciúma, Daniel Amorim marcou o primeiro gol da semifinal. Já Everaldo colocou a redonda no fundo da rede para ajudar a Chapecoense a avançar de fase.

Por fim, Gilberto é outro nome de grande destaque até aqui. O atacante do Bahia já marcou 13 gols e deu três assistências em 2019. Destes, oito gols e uma assistência saíram quando o time empatava ou perdia por um gol de diferença.

Suspenso para a última partida contra o Vasco, Bruno Henrique não irá por à disposição do Flamengo todo seu poderio decisivo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget