Eric Faria relata desentendimento entre Pará e Everton Ribeiro

SPORTV: O primeiro gol que o Flamengo sofreu na derrota por 2 a 1 para a LDU começou com um chutão de Pará para frente, com a bola indo longe dos jogadores do Flamengo. A LDU dominou o lance e devolveu com outro chutão. A bola, no entanto, mal quicou na área rubro-negra e surpreendeu o goleiro Diego Alves e os zagueiros. Anangonó aproveitou o vacilo geral e marcou.

Após o jogo, o repórter Eric Faria, que fez a cobertura do jogo no gramado, chamou a atenção para um detalhe durante o programa Troca de Passes: Everton Ribeiro havia pedido a bola longa ao Pará, mas não correu depois que o lateral a lançou.



- No campo observei o Everton Ribeiro. Ele pediu para o Pará lançar. Pediu a bola longa e não correu. O Pará reclama que ele pede o chutão e não correu - disse Eric Faria.

É possível ver, no vídeo, o volante Willian Arão abrindo os braços e reclamando com Everton por não ter ido na direção da bola, segundos antes do gol sofrido.

Em relação à atuação do Flamengo em Quito, os comentaristas do Troca de Passes criticaram muito o sistema defensivo. Na visão de Ana Thaís Matos e Grafite, o técnico Abel Braga ainda não conseguiu acertar o sistema defensivo rubro-negro.


- O Flamengo precisa parar de tomar gol. O Flamengo perde muito a segunda bola. O resultado explica bem o que foi a partida. Diz muito sobre o sistema defensivo do Flamengo. Tem que parar e repensar. Ataca bem, mas é muito frágil defensivamente - disse Ana Thaís Matos.

- (no primeiro gol) Os dois zagueiros estão avançados, a linha alta, mas o cara não pode sair cara a cara com o Diego Alves - disse Grafite.

O meia do Flamengo havia pedido a bola longa ao Pará, mas não correu depois que o lateral a lançou.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget