Fla conquista título com reservas, mas liga alerta pra alguns setores

GOAL: Raisa Simplicio

No início do ano, o técnico Abel Braga traçou um planejamento para o time Rubro-Negro. A ideia era formar duas equipes de olho no complicado calendário do futebol brasileiro. Mesmo diante de algumas críticas, o treinador alcançou o objetivo. Garantiu a classificação para as semifinais do Campeonato Estadual com um time totalmente alternativo e descansou os titulares para os confrontos da Copa Libertadores da América.

Diante do Vasco, na final da Taça Rio, nenhum jogador titular esteve em campo. A equipe, inclusive, contou com cinco atletas formados em casa. Na segunda etapa, Leomir, que substituiu Abel no banco de reservas, colocou apenas atletas oriundos das divisões menores do clube.

Fernando Uribe vibrando no Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
No panorama geral, a equipe foi bem, pressionou o Vasco e jogou de igual para igual com uma equipe que está acostumada a atuar junto. Chegou ao gol no finalzinho com o cruzamento de um atleta da base para a contratação mais carada história do Flamengo. Nos pênaltis, César apareceu e ajudou o time Rubro-Negro a garantir a taça.

Apesar disso, alguns pontos precisam ser destacados como Uribe. O atacante, que começou o ano muito bem, caiu de produção e deixa em dúvida a capacidade de, neste momento, subistituir Gabigol na temporada. O colombiano não fez uma boa partida, como já havia ocorrido diante do Fluminense. O mesmo acontece com Rodinei, que perdeu até uma penalidade.

O lateral não vive bom momento e precisa dar respostas o quanto antes, já que Rafinha é esperado para o meio do ano e há intenção de renovar com Pará. No mais, atletas da base estão mostrando que podem num futuro não tão distante brigar por vaga como Ronaldo, Hugo Moura, Thuler e César, excelente sombra para Diego Alves.

Agora, os titulares entrarão descansados para o confronto contra o Peñarol, nesta quarta-feira(03), no Maracanã. Líder do grupo D, o time de Abel Braga pode deixar bem encaminhada a classificação em caso de vitória.

Chegou ao gol no finalzinho com o cruzamento de um atleta da base para a contratação mais carada história do Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget