Flamengo faz nova proposta a família de vítima de tragédia no CT

GLOBO ESPORTE: Três acordos assinados, três em andamento e cinco sem perspectivas de acerto. Assim estão as tratativas do Flamengo para indenizações aos familiares das dez vítimas fatais do incêndio no Ninho do Urubu, há quase três meses. Samuel, representado pela Defensoria Pública, quem tem as conversas encaradas com maior otimismo no momento.

O Rubro-Negro apresentou uma proposta em moldes similares aos acordos realizados com representantes de Athila, o pai de Rykelmo e Gedinho. Agora, aguarda um posicionamento da defensoria, que dialoga com familiares do lateral-direito falecido. As conversas foram estreitadas há cerca de duas semanas, mas a série de feriados atrapalhou o processo. O posicionamento oficial do órgão público é de que as negociações ocorrem em sigilo.

Foto: Divulgação
Situação das indenizações:
Rykelmo pai - Acordo assinado com o Flamengo
Rykelmo mãe - Advogada encerrou negociações e entrará na Justiça
Athila - Acordo assinado com o Flamengo
Gedinho - Acordo assinado com o Flamengo
Samuel - Defensoria pública negocia e tem proposta do Flamengo nas mãos
Bernardo - Advogado negocia com o Flamengo
Vitor Izaías - Advogado negocia com o Flamengo
Christian - Advogados aguardam perícia para entrar com ação.
Pablo Henrique - Advogados aguardam perícia para entrar com ação.
Jorge Eduardo - Advogados aguardam perícia para entrar com ação.
Arthur Vinicius - Advogados aguardam perícia para entrar com ação.

Quem também dialoga com o Flamengo, mas bem mais distante de um final feliz, é o advogado Thiago d'Ivanenko, que representa as famílias de Victor Izaias e Bernardo Pisetta - ambos de Santa Catarina. Ao longo o último mês, as partes dialogaram por várias vezes - apenas uma pessoalmente - com contrapropostas de parte a parte. Os valores, porém, seguem distantes de um consenso.


Dado o panorama das conversas em andamento, há outras cinco situações onde o acerto segue difícil. A advogada Gislaine Nunes, que representa a família materna de Rykelmo, mantém o posicionamento de entrar com ações na área cível contra o Flamengo e criminal contra o presidente Rodolfo Landim e aguarda o desenrolar do inquérito policial para tal.

O mesmo vale para os advogados que representam Pablo Henrique, Arthur Vinícius, Jorge Eduardo e Christian. Com as negociações encerradas desde o fim da intermediação por parte do Ministério Público, o quarteto tomou a decisão de brigar por seus direitos na Justiça e aguarda o resultado das perícias para entrar com as ações pertinentes.

O Rubro-Negro apresentou uma proposta em moldes similares aos acordos realizados com representantes de Athila, o pai de Rykelmo e Gedinho.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget