Juventude e Flamengo

GLOBO ESPORTE: Por Maurício Saraiva

Que o Flamengo golearia o San José boliviano, era lógico. Com menos de meia-hora do primeiro tempo, o visitante ficou com um a menos, o que não impediu que empatasse o jogo que perdia de 1x0. Ainda no primeiro tempo, jogando mal, o Flamengo fez o segundo com Everton Ribeiro. No intervalo, vaias se ouviam no Maracanã cheio de 64 mil pessoas. Era pouco o 2x1 diante da diferença técnica entre os times, mais ainda com o San Jose sem um zagueiro.

No segundo tempo, a discreta melhora do Flamengo já bastou para o 6x1 final que devolveu ao time carioca a liderança da chave. Abel Braga tem muitos bons jogadores e, em pleno abril, ainda não tem um time confiável. Está na final do Carioca e lidera o grupo na Libertadores e nem assim merece elogio?

Vitinho vibrando com gol pelo Flamengo - Foto: André Mourão
Merece pelo resultado alcançado até aqui, mas é legítimo esperar mais de quem investiu tanto, gasta tanto mensalmente e paga regiamente em dia há muito tempo. Obrigação do clube pagar em dia, combinemos. Só que é parte da exigência que a direção e a torcida fazem ao elenco. Mais desempenho é uma obrigação, simples assim.

O resultado mais impressionante da noite, porém, veio de Caxias do Sul. O Juventude, cuja qualidade do time me dá medo quanto a um rebaixamento para a Série D do Brasileirão, foi bravo e competente para virar em cima do Botafogo e se classificar.

Os dois milhões de reais que entram pela classificação vão ajudar a melhorar a qualidade geral do grupo para que o Juventude seja candidato a voltar à Série B ao invés de se cuidar para não cair de letra. Marquinhos Santos vai fazendo o que pode. O Botafogo, que triste, é uma colcha de retalhos. Salários atrasados, ambiente tenso entre os jogadores e um treinador que sequer pode ser cobrado num contexto destes e está por ser demitido como se fosse o maior culpado do que acontece lá.

O River Plate foi a 3x0 contra o Allianza Lima do Peru em Buenos Aires. Sua classificação depende só dele, a melhora começou no empate com o Inter no Beira-Rio. No confronto direto contra o Palestino no Chile, creio que o atual campeão da América vai passar por cima e, virtualmente, se classificar.

A recuperação do River Plate é ótima notícia para a Libertadores, mas muito ruim para os outros grandes candidatos ao título. Gallardo já mostrou ser capaz de comandar grandes arrancadas com seu time.

Abel Braga tem muitos bons jogadores e, em pleno abril, ainda não tem um time confiável.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget