Que lição o Flamengo terá tirado do Campeonato Carioca?

LANCE: Por mais que a FFERJ tenha esvaziado o valor da Taça Guanabara e da Taça Rio no Campeonato Carioca, não há dúvidas que Vasco e Flamengo chegarão às semifinais da competição marcados por lições bastante valiosas. Embora tenham disparidades financeiras, os dois rivais lidaram com contrastes nos turnos: quando não deram volta olímpica, puderam aprender com seus próprios erros.

O Cruz-Maltino conseguiu fortalecer uma equipe digna de vencer a Taça Guanabara com 100% de aproveitamento e estabeleceu seu padrão de jogo ideal. Além disto, encontrou em Tiago Reis uma gratíssima surpresa (a ponto da fase instável de Maxi López não ser sentida). Contudo, a Taça Rio alertou para uma série de problemas: a carência de opções de qualidade no elenco, notada já na derrota por 2 a 0 para a Cabofriense e sentida também quando a equipe lidou com lesões na final contra o Flamengo.

Vinicius Souza, jogador sub-20 do Flamengo - Foto: Staff Images
Para completar, os vascaínos continuam a padecer com a pontaria e tendem a recuar demais, sofrendo pressões desnecessárias. No último domingo, a retranca custou caro e graças ao velho problema de levar gols no fim. Por mais que alcem o Vasco a favorito diante do Bangu, a equipe liderada por Bruno César tem de comprovar em campo sua qualidade.

Vasco e Fla tiveram algo em comum nos turnos: quando não deram volta olímpica, puderam aprender com seus próprios erros.

No Rubro-Negro, a conquista da Taça Rio destacou o leque de opções que Abel Braga tem a seu dispor. Para forçar a ida à decisão nos pênaltis, a equipe (comandada por Leomir de Souza interinamente) soube ser aguerrida e redimiu de vez De Arrascaeta. O uruguaio, que dormiu no ponto no Fla-Flu da semifinal da Taça Guanabara, voltou a mostrar poder de decisão em clássico. Está pedindo passagem na equipe titular...

Embora esteja alguns passos à frente do Fluminense (seu adversário na semifinal), o Flamengo ainda tem de aprender com alguns erros. A defesa continua a dar cochilos que deixam a equipe em apuros. Já no setor ofensivo, por mais que Everton Ribeiro, Gabigol e Bruno Henrique sigam marcando, a equipe coleciona chances de gol desperdiçadas (e já tropeçou por causa delas).

Neste fim de semana, Vasco e Flamengo terão o desafio de mostrar, em suas respectivas semifinais, que a conquista de turno não vale a pena só para obter a vantagem do empate. Quem vai comprovar seu valor de fato nesta reta final de Carioca?

Vasco e Fla tiveram algo em comum nos turnos: quando não deram volta olímpica, puderam aprender com seus próprios erros.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget