Andrade diz que futebol brasileiro ainda tem técnicos capacitados


O DIA: Não há técnico no Brasil para o tamanho do Flamengo. Pelo menos essa é a certeza da diretoria rubro-negra, que concentra esforços na contratação de um treinador estrangeiro desde o pedido de demissão de Abel Braga. Tudo indica que o português Jorge Jesus será anunciado em breve. Segundo o jornal lusitano 'Tribuna Expresso', Jesus terá um encontro com o presidente Rodolfo Landim, amanhã, em Madri, local da final da Liga dos Campeões. Enquanto Jesus não atravessa o oceano, o Flamengo vai com o interino Marcelo Salles para a partida contra o Fortaleza, amanhã, às 16h, no Nilton Santos, pelo Brasileiro.

Mas por que tamanho apetite por um técnico estrangeiro? A resposta vem do próprio mercado de treinadores no Brasil. A avaliação da diretoria é de que precisa de um medalhão, mas há poucos disponíveis. Renato Gaúcho é a 'menina dos olhos' da diretoria desde o ano passado, mas sua saída do Grêmio é improvável. Tiago Nunes, do Athletico-PR, também é um bom nome, mas já deu indícios de que não quer sair do clube paranaense. Por isso, a tendência por um gringo.

Andrade, ex-técnico do Flamengo - Foto: Divulgação
Campeão brasileiro como treinador e atleta, o ídolo Andrade discorda desse ponto de vista e acredita que a solução pode ser caseira.

"Temos alguns técnicos de qualidade que estão parados. Não à toa, somos pentacampeões do mundo, sinal de que a nossa mão de obra é boa. Difícil falar em nomes, mas temos treinadores capazes de realizar bons trabalhos, como fizeram em outros clubes", analisa o ex-volante.

Além do técnico português, um argentino está entre os preferidos da diretoria do Flamengo. Sebastián Beccacece, vice-campeão nacional com Defensa y Justicia, deu adeus ao clube quarta-feira, mas já conversa com o Independiente-ARG. O favorito, ao que parece, é Jorge Jesus, tricampeão português com Benfica. Ele já conversa com o Flamengo e deve aceitar a proposta. Jorge Sampaoli, do Santos, é outro que foi sondado, só que o valor da multa rescisória (cerca de R$ 10 milhões) assusta.

Sobre Jorge Jesus, Andrade diz que só ouviu falar dele, mas, de certa forma, é cético sobre o trabalho de gringos em clubes brasileiros.

"Não conheço o trabalho do Jesus, mas fala-se muito bem. Quem sabe ele não dá um jeito? Apesar de que muitos treinadores estrangeiros que passaram pelo Brasil não deram certo. Só agora que o Sampaoli, no Santos, está fazendo um bom trabalho. Mas muitos que estiveram aqui não deixaram nenhum legado", disse.

O ex-jogador e técnico do Flamengo discorda desse ponto de vista e acredita que a solução pode ser caseira.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaTeMorrer1895} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget