Dá para apostar em Flamengo e Palmeiras na Libertadores

FOLHA DE SÃO PAULO: Por Juca Kfouri

Conhecidos os adversários dos seis clubes brasileiros nas oitavas de final da Libertadores, é possível festejar a sorte do Palmeiras ao lhe caber o argentino Godoy Cruz como adversário e agradecer ao sorteio também pelo Flamengo ter o equatoriano Emelec pela frente.

Festejar e agradecer sim, mas com moderação.

Primeiramente porque os jogos só serão disputados a partir da última semana de julho, quando não sabemos nem sequer como estarão os times brasileiros depois da janela de transferências.

Time do Flamengo no Brasileirão 2019 - Foto: Alexandre Vidal
É verdade que exatamente Palmeiras e Flamengo, pela privilegiada situação financeira, correm risco quase nenhum de perder jogadores, ao contrário, caso do rubro-negro, que deve se reforçar.

Mesmo assim, como mata-mata é mata-mata, uma noite infeliz no jogo de ida, seja em Mendoza, seja em Guayaquil, pode botar tudo a perder.

Uma felipada de Felipe Melo, uma gabrielada do Gabigol, 10 contra 11, e a vida se complica. Mas é inegável que tanto os argentinos quanto os equatorianos serão zebras diante dos paulistas e cariocas.

E fica por aí.

Porque nenhum dos quatro demais adversários de Grêmio, Inter, Athletico e Cruzeiro devem ser tratados como azarões.

Ao contrário.

Entre Cruzeiro e River Plate, fossem os jogos hoje, o favoritismo seria platino.

Entre Athletico e Boca Juniors, então, nem se fala, quase se pode dizer que zebra será uma classificação paranaense.

Já a dupla gaúcha é apenas levemente favorita contra os paraguaios do Libertad e os uruguaios do Nacional, adversários de Grêmio e Inter, respectivamente.

Facilidade não haverá, parece fora de dúvida.

E tudo porque embora o investimento brasileiro seja em regra maior, o nível técnico não reflete a diferença.

Além de, tática e animicamente, os gringos serem superiores.

COPA DO BRASIL
Porque é mais forte que o Corinthians, individual e coletivamente, o Flamengo saiu na frente mesmo fora de casa e deve se classificar para as quartas de final. Mesmo quando quer atacar parece que o Corinthians perdeu a embocadura do como fazer.

Mas quem está mesmo com a classificação assegurada é o Palmeiras, ainda que sem jogar.

Não bastasse ter o Godoy Cruz na Libertadores, pegar o Sampaio Corrêa nas oitavas é digno de quem nasceu virado para a lua.

Já dizia Nelson Rodrigues que sem sorte não se chupa nem um picolé, porque cai no pé.

Mas também não precisava exagerar.

VELHA CBF
Como não cumpre em pé o que diz sentada, eis que a Casa Bandida do Futebol resolveu desfalcar os times brasileiros por causa da seleção pré-olímpica.

Veremos se São Paulo (Antony), Corinthians (Pedrinho e Mateus Vital), Atlético (Guga), Athletico (Renan Lodi), Santos (Rodrygo), Fluminense (Pedro) e Grêmio (Matheus Henrique) terão coragem de negar os jogadores, por mais que os próprios queiram ir, casos também do Inter (Iago) e do Cruzeiro (Murilo Paim).

Será preciso dizer à velha CBF que a festa acabou e aos jogadores que quem paga seus salários são os clubes.

A coluna aposta uma passagem de ida para Caracas que todos irão se curvar, excitados com a perspectiva de botar os garotos na vitrine, embora, o Santos, ao menos, não precise, porque Rodrygo já está de malas prontas para o Real Madrid.

OS 23 DE TITE
A convocação foi correta. Errado está mais uma passada de mão na cabeça de Neymar. Tite segue refém dos Neymar.

E tudo porque embora o investimento brasileiro seja em regra maior, o nível técnico não reflete a diferença.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget