Símbolo de nova era no Flamengo, Guerrero reencontra ex-Clube

UOL: Paolo Guerrero foi símbolo de uma "nova era" no Flamengo. Contratado após brilhar no Corinthians e ser disputado por vários clubes, o peruano se transferiu da Gávea sem deixar saudades. Rival na tarde de hoje (1º) a partir das 16h (de Brasília) no Beira-Rio, pela segunda rodada do Brasileiro, o centroavante vive algo semelhante no Inter: é a principal esperança do clube.

Sem conquistar o nacional desde 1979, o Colorado apostou alto em Guerrero no ano passado. A chegada a Porto Alegre, em agosto, foi embalada pelo cântico que marca a trajetória dele até agora: "Paolo Guerrero, traz o tetra Brasileiro".

Mas de cara veio uma decepção. A liminar que o autorizou a atuar na Copa do Mundo e em mais alguns jogos pelo Rubro-Negro mesmo punido por doping caiu e a estreia foi adiada por quase um ano.

Foto: Divulgação
O Inter deu todo apoio ao atleta no momento complicado porque vê nele o pilar para um momento diferente. Depois de frequentar a Série B pela primeira vez em sua história, em 2017, o Colorado quer ter em Guerrero um símbolo da recolocação no caminho das conquistas.

Em campo, a primeira impressão foi boa. Logo na estreia, contra o Caxias, ele fez o primeiro gol. Em seguida mais dois quando disputou sua primeira partida pelo Inter na Libertadores. Agora volta de lesão e ostenta três gols em cinco partidas.

Ainda que a saída do Flamengo tenha sido marcada pelo desconfortável caso de doping e por números que estiveram longe de "acabar com o caô" - como cantava a torcida rubro-negra -, Paolo Guerrero foi o símbolo de uma "nova era" no clube da Gávea.

A partir da sua contratação, em 2015, o Flamengo impactou o país pelos altos valores envolvidos. Ali, o Rubro-negro mostrou que passaria a ser um protagonista do mercado, o que só aumentou nas temporadas seguintes.

Depois de Guerrero, o clube somou contratações caras: Diego, Everton Ribeiro, Diego Alves, Henrique Dourado, Fernando Uribe, Vitinho, Rodrigo Caio, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol foram as principais.

Se não deixou saudades na torcida, o peruano tem muitos amigos no elenco rubro-negro. Ainda que não seja lembrado pelos torcedores como um atacante que decidiu os jogos mais importantes, a sua qualidade ofensiva é inquestionável e faz com que o Flamengo ligue o alerta para o duelo em Porto Alegre.

"Não conversei com o Guerrero sobre o jogo. Mas estivemos juntos no Corinthians e aqui no Flamengo. É um grande jogador, precisamos marcar firme e não dar espaço. Os nossos jogadores o conhecem bem. Não só com o Guerrero, mas temos que estar atentos com todo o ataque do Inter, que é bem forte", comentou o volante Willian Arão.

O Inter deu todo apoio ao atleta no momento complicado porque vê nele o pilar para um momento diferente.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/SiteFlaResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget