Deryk Ramos dá a receita para ser campeão: "Ser Flamengo"

GARRAFÃO RUBRO-NEGRO: Por Enéas Lima

Uma partida consistente no ginásio do Maracanãzinho e o Flamengo venceu todos os períodos e derrotou Franca por 76 a 62, empatando a série final do NBB dessa temporada. Após a partida, o ala-armador Deryk Ramos e o ala Jhonatan Luz conversaram com o blog Garrafão Rubro-Negro sobre a vitória e a projeção para o jogo decisivo em Franca.

DERYK RAMOS – ALA-ARMADOR

A expectativa para quinto jogo da série e as mudanças necessárias após as derrotas em Franca nos jogos 2 e 3

“Precisamos fazer o que fizemos nesse quarto jogo. Temos que manter essa defesa durante o jogo todo. Franca só ter conseguido 62 pontos, isso é mérito total do Flamengo. Principalmente pela qualidade de time que Franca tem. A gente tendo paciência e indo lá com a mentalidade que a gente entrou pra esse jogo, temos tudo para sermos campeões”

Foto: Divulgação
A experiência do elenco rubro-negro podendo fazer a diferença na partida em Franca

“Sem dúvida nenhuma. Vários jogadores desse elenco já passaram por situações parecidas ou piores do que iremos passar agora e nessa partida de Franca iremos fazer de tudo para sairmos com a vitória “

O lado emocional como fator importante para decidir a série final do NBB

“Franca com o Pedrocão cheio tem uma certa instabilidade emocional, a gente está indo lá com toda tranquilidade e tirar essa vitória lá dentro”

O aprendizado da vitória na quarta partida e a projeção para o jogo em Franca

“O Flamengo precisa ser Flamengo e ter paciência, acreditar na sua defesa e o restante flui”

JHONATAN LUZ – ALA

A defesa como ponte forte no quarto jogo da série final contra Franca

“A gente conseguiu implantar uma defesa muito forte e sabíamos que Franca tinha uma boa pontuação dentro do garrafão. A gente conseguiu tirar isso e com os rebotes acabamos confirmando o nosso bom ataque.”

As lições para o quinto jogo da série no Pedrocão

“Temos que controlar bem a posse de bola, não dar contra-ataque, pois é um time que joga muito bem no contra-ataque e jogar bem com a bola no garrafão. Tivemos o exemplo desse quarto jogo. Nós tiramos esse contra-ataque deles, tiramos o chute do Lucas Dias que é muito fácil e dificultamos o jogo deles.”

O lado emocional como fator importante para decidir a série final do NBB

“Com certeza. O titulo será do time que estiver mais focado e concentrado nessa partida.”

A união do grupo nesse momento final do NBB podendo ser o diferencial na conquista do titulo

“A gente se unir, sabemos da nossa energia de dentro pra fora, a gente sabendo focar na gente e sabendo que tem um do lado do outro, apoiando, temos a chance de calar o Pedrocão e sair de lá com a vitória.”

“O Flamengo precisa ser Flamengo e ter paciência, acreditar na sua defesa e o restante flui”, declarou.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget