Flamengo e Fluminense decidem a Taça GB sub-17 neste sábado

GLOBO ESPORTE: Fluminense e Flamengo disputam o segundo jogo da final da Taça Guanabara Sub-17, neste sábado, às 10h (de Brasília), no estádio das Laranjeiras. O GloboEsporte.com transmite a partida em tempo real. Na Gávea, os dois times empataram a primeira partida em 2 a 2 e em caso de novo empate, o campeão será decidido nos pênaltis.

O GloboEsporte.com conversou com duas referências dos times finalistas: Lucas Calegari, meio-campista do Fluminense, capitão da equipe e frequentemente chamado para a seleção brasileira sub-17, e Lázaro, atacante do Flamengo, que é o artilheiro do clube em todas as categorias do futebol, com 19 gols, deixando para trás Gabigol e Bruno Henrique.

Sobre a decisão, Calegari destacou o oportunismo e o "espírito guerreiro" do tricolor para buscar o empate na casa do adversário e contou o que espera do jogo de volta.

Foto: Divulgação
- Sabíamos que seria um jogo difícil, jogando na casa deles e o Flamengo com um time qualificado, mas conseguimos suportar a pressão, fomos efetivos nas oportunidades que tivemos, procuramos manter a mente forte e colocamos o espírito guerreiro que temos e que tanto o clube é reconhecido. O time está muito focado e querendo conquistar esse título, com a torcida a nosso favor, ganhamos mais confiança. Precisamos ter muita atenção nos detalhes.

Autor de um dos gols no último sábado, Lázaro acredita que o Flamengo foi bem na primeira partida da decisão, porém, identifica detalhes que o time ainda precisa corrigir para vencer nas Laranjeiras.

- Nossa equipe jogou bem, tivemos o controle do jogo, mas em alguns momentos que nos desligamos da partida eles aproveitaram e fizeram os gols, mas a equipe está com a cabeça boa para fazer um bom segundo jogo. Tem alguns momentos que a gente peca um pouco, mas trabalhamos toda a semana para acertar tudo que tem para acertar e conseguir fazer os gols.

Confira outros assuntos abordados com os dois jogadores:

RIVALIDADE FLA X FLU NAS CATEGORIAS DE BASE

Calegari
- Como no profissional, na base não é diferente. Contra o Flamengo tem sempre um gostinho a mais, para ir numa dividida, para fazer um gol, entre outras situações. Ainda mais em uma final. É muito bom ganhar uma final em cima do seu maior rival, seja na base ou no profissional. Só quem teve esse gostinho sabe como é.

Lázaro
- A rivalidade entre Flamengo e Fluminense na base sempre foi grande. Ainda mais com a geração 2002, que a gente perdeu no sub-15, mas esse ano vamos fazer de tudo para conquistar o título. Nós estamos bem focados no que nós queremos, para fazer um bom jogo e sair vitoriosos.

CONTATO COM O TIME PROFISSIONAL

Calegari
- Não, ainda não tive esse contato com os profissionais, mas espero em breve ter.

Lázaro
- Tive contato com alguns, sim. Na época que o Éverton jogava aqui no Flamengo eu troquei uma ideia com ele. Com outros jogadores também eu já conversei, como Klebinho e Lincoln. Eles nos tratam super bem e isso é bom para os jogadores da base e foi muito bom para mim. Porque quando você fala com um jogador profissional e ele te dá algumas dicas, você sempre fica atento, é sempre bom.

JOGADORES QUE SE ESPELHAM NO FUTEBOL

Calegari
- Como ídolo tenho o Ronaldinho gaúcho por toda genialidade. Eu me espelho atualmente no Arthur do Barcelona gosto muito do estilo de jogo dele que acho parecido com o meu.

Lázaro
- Neymar, Ronaldinho Gaúcho e Cristiano Ronaldo

MOMENTO NO SUB-17

Calegari
- Vou continuar dando o meu máximo para evoluir dentro do clube, continuar mantendo esse desempenho e ser o mais regular possível. Assim as convocações (para a seleção sub-17) virão naturalmente, e na seleção darei o meu máximo para me destacar para conseguir uma vaga no Mundial sub-17, em outubro, pois para mim é um sonho usar a amarelinha, ainda mais num copa dessa grandeza

Lázaro
- Eu venho trabalhando firme a cada dia para fazer o meu e para as coisas acontecerem naturalmente. Agora eu só penso no sub-17. Claro que eu penso sim no profissional, mas para isso eu preciso fazer um ótimo ano no sub-17 e quem sabe pensar também no sub-20 e depois no profissional. Mas isso vem com o tempo, as coisas acontecem naturalmente.

FUTURO NO FUTEBOL

Calegari
- Passa pela minha cabeça que a qualquer momento possa estar lá (no time profissional), até por estar em um bom momento aqui na base, mas estou focado na minha evolução. Sei que vai acontecer no momento certo e quando me chamarem, com certeza estarei preparado para servir o profissional e dar muitas alegrias à torcida tricolor. Como chego até a falar com meus amigos, por mim eu ficaria no Fluminense para sempre, pelo carinho e paixão que tenho pelo clube. Mas é um sonho jogar por um time da Europa, jogar um Champions League.

Lázaro
- Eu fico bem tranquilo em relação a isso. Sei que uma hora meu trabalho será reconhecido e já está sendo e isso tudo eu agradeço a Deus. Eu sigo trabalhando, mas com os pés no chão e com humildade, para que as coisas possam acontecer naturalmente. Eu tenho que fazer a minha parte na base, para subir pro profissional e depois pensar em Europa.

Lázaro acredita que o Fla foi bem na primeira partida da decisão, porém, identifica detalhes que o time ainda precisa corrigir para vencer nas Laranjeiras.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget