Flamengo vence o Madureira por 3x1 na "estreia" de Jorge Jesus

GLOBO ESPORTE: Na "estreia" de Jorge Jesus à frente do Flamengo, na manhã deste sábado, na Gávea, o time dirigido pelo português venceu por 3 a 1. Diego e Vitinho (duas vezes) marcaram os gols.

Chamou atenção a postura de Jesus. Depois de se mostrar muito ativo nos treinamentos realizados no Ninho do Urubu, o comportamento não foi diferente em seu primeiro desafio. Gritou o tempo inteiro e cismou com os nomes de Willian Arão, Bruno Henrique e Lucas Silva, a quem se referia como "Luquinhas".

O Rubro-Negro entrou postado em um 4-1-3-2. Arão era o único volante, com Lucas Silva aberto pela direita e Vitinho na outra ponta. Gabigol e Bruno Henrique eram os homens de frente.

Com predomínio na posse de bola, o Flamengo rapidamente abriu o placar em bela jogada, aos oito minutos. Gabigol tocou de letra, Rodinei cruzou, Lucas Silva ajeitou, e Diego, de primeira, marcou um bonito gol.


O Rubro-Negro ainda teve boas oportunidades na etapa em finalizações de Bruno Henrique e Gabigol. A do primeiro passou à esquerda do gol adversário. A outra parou em boa defesa de Douglas.

O time que iniciou o primeiro tempo o foi o seguinte: César, Rodinei, Rodrigo Caio, Léo Duarte e Renê; Willian Arão, Vitinho, Diego e Lucas Silva; Bruno Henrique e Gabigol.


Segundo Tempo

Diferentemente do que ocorre habitualmente em jogos-treinos aqui no Brasil, Jesus não levou a campo um segundo time na etapa final. Só mexeu em uma peça no intervalo. Lincoln substituiu Lucas Silva.

Aos 15 minutos, Willian Arão e Diego, dos dois nomes mais gritados por Jesus, deram vaga a Piris da Motta e Ronaldo. A essa altura, o Flamengo era menos incisivo e criativo em relação ao que apresentara no primeiro tempo.

Na primeira chegada do Flamengo no segundo tempo, Lincoln perdeu chance incrível na pequena área. Logo depois, Rodrigo Caio subiu bonito para cabecear, mas Douglas impediu o gol com grande defesa.

Aos 23, Rodrigo Caio, Léo Duarte, Rodinei e Bruno Henrique saíram. Entraram Pará, Thuler, Dantas e João Lucas, que é lateral-direito mas entrou aberto pela ponta esquerda.

Pouco depois, o zagueiro Rafael Santos entrou na vaga de Renê pela esquerda. Berrío substituiu Gabigol, que ficou 70 minutos em campo, mas não apareceu bem.

Depois de muito tempo em que somente as substituições chamavam atenção, aos 29 minutos, o Flamengo ampliou. Berrío cruzou mal, o zagueiro furou, e Vitinho guardou.


Vitinho, aliás, foi o último dos titulares a deixar o campo. Saiu a 10 minutos do fim da partida e deu lugar a Hugo Moura.

No fim do duelo, Piris da Motta recuou mal para Dantas, Ygor Catatau apareceu e fez um golaço por cobertura, diminuindo para o Madureira.

O Rubro-Negro entrou postado em um 4-1-3-2. Arão era o único volante, com Lucas Silva aberto pela direita e Vitinho na outra ponta.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget