Rogério Ceni exalta jogo do Flamengo: "Um dos melhores que vi"

GLOBO ESPORTE: O Fortaleza até tentou evitar a derrota para o Flamengo neste sábado (1º), mas a superioridade técnica do Rubro-Negro carioca ficou evidente. O Tricolor do Pici acabou perdendo por 2 a 0, com dois gols de Gabigol. Com o resultado, o Leão pode entrar na zona de rebaixamento com o complemento da rodada. Em coletiva após o fim do jogo, o técnico Rogério Ceni falou sobre a atuação do time. Para o treinador, o Flamengo teve atuação inspirada, principalmente dos atacantes, que valorizaram a posse de bola e deram bastante trabalho ao goleiro Marcelo Boeck.

- O time vem de viagem de 3 mil km de distância, enquanto que o Flamengo teve a oportunidade de se preparar a semana inteira. Tivemos um jogo há menos de 67 horas. Mas mesmo numa preparação de uma semana toda, a superioridade técnica é notória dentro do campo. Acho que foi um dos melhores jogos que eu vi o Flamengo fazer: de encaixe, de passes, em velocidade. Não fizemos um excelente jogo, a diferença realmente apareceu dentro do campo e eles venceram com todo mérito e justiça e não posso fazer nenhuma reclamação do placar do jogo. - declarou.

Foto: Divulgação
Em 35 dias, o Fortaleza já fez onze partidas por três competições diferentes. Com o título do Nordestão na última quarta-feira (29) contra o Botafogo-PB, o time agora volta as suas atenções para o Brasileirão e para a Copa do Brasil. Devido a essa maratona de jogos, Rogério Ceni tem feito rodízio entre os jogadores, buscando manter a competitividade e o bom futebol.

- A maioria deles jogou quarta, num campo pesado. Eu já perdi Wellington, por lesão, o Edinho, que a gente repetiu, com lesão. Eu não posso mais perder jogadores por lesão se não eu fico sem as trocas pro jogo. A gente opta pelo Marcinho, segura o Osvaldo. A gente sabe que os jogadores também estão cansados, então agora nós temos um intervalo de quatro dias, isso ajuda um pouco mais, apesar de ter uma viagem, um pouco mais curta. Vamos fazer uma análise melhor pro jogo de quarta-feira porque nós já temos o Grêmio no sábado. - destacou.

Além disso, o técnico Tricolor enxerga a necessidade de um maior tempo para o trabalho de reabilitação do elenco. De acordo com Ceni, os treinos já não ocorrem da forma ideal. O treinador afirmou que, além de novas contratações, a pausa para a Copa América é vista como o único momento disponível para dar descanso aos atletas e para garantir um Fortaleza ainda mais competitivo.

- Os deslocamentos não são curtos. O tempo é pequeno, os treinos já não existem mais. Nós pretendemos é levantar essa equipe com uma contratação ou outra e o tempo de treinamento é a parada pra Copa (América). Temos mais três jogos, a tabela também não ajudou, uns adversários um pouco pesados. Mas nós vamos lutar para fazer algum ponto nesses confrontos. - finalizou.

O Fortaleza segue neste domingo (2) para Curitiba, na terceira de quatro partidas longe da capital cearense. Será contra o Athletico-PR, às 19h15 da próxima quarta-feira (5) pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. No primeiro confronto, no dia 15 de maio, empate em 0 a 0. Novo empate por qualquer placar e a vaga para a próxima fase é decidida nos pênaltis.

O Flamengo teve atuação inspirada, principalmente dos atacantes, que valorizaram a posse de bola e deram bastante trabalho.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget