Faliu! Time de Basquete do Vasco fecha portas e está fora do NBB

GLOBO ESPORTE: Reviravolta no Vasco da Gama. Nesta sexta-feira, o diretor de quadra e salão Jorge Veríssimo pediu demissão do cargo e o clube vai ficar de fora do Novo Basquete Brasil. No começo de julho, Veríssimo havia garantido que o Cruz-Maltino disputaria o próximo NBB, mas uma decisão do presidente Alexandre Campello de destinar um patrocínio da Tim especificamente para o futebol de base fez com que o dirigente anunciasse sua saída. A diretoria de quadra e salão do clube já comunicou à Liga Nacional de Basquete e não vai participar da reunião geral neste sábado, em São Paulo. A reportagem entrou em contato com o Vasco, que preferiu não se pronunciar neste momento.

Jorge Veríssimo disse que foi avisado da mudança nesta sexta-feira. E que não há mais o que se fazer para que uma mudança aconteça. Diante da saída do Vasco do NBB, ele pediu demissão.

Gustavinho, técnico do Flamengo, rindo - Foto: Marcelo Cortes
- Fui chamado para uma reunião e o presidente me comunicou que o patrocínio da Tim seria dado para o futebol de base por necessidade e não haveria o adulto no basquete. Tive que concordar. Parece que a base do futebol passa por dificuldades. Não me restava nada a não ser me curvar. De decisão minha, solicitei minha decisão. Anteontem, estava tudo certo. Essa reunião aconteceu nesta sexta-feira e houve essa definição da grana que não seria dada ao basquete. Solicitei que o Fernando Lima entrasse em contato com a Liga. Não vamos na reunião no sábado. Solicitei que fosse avisado inclusive. Não soubessem pelo jornal e sim pela gente - disse Veríssimo.

O Vasco voltou ao basquete profissional na temporada de 2015/16, quando venceu a Liga Ouro. O título deu ao clube o direito de jogar o NBB no ano seguinte. Em sua primeira exibição, o clube teve um elenco mais enxuto, com investimento inicial baixo. David Jackson era a grande estrela da companhia.

No ano seguinte, buscando estar entre os melhores do torneio, o orçamento beirou os R$ 8 milhões, com a manutenção de Jackson e a chegada da estrelas como Guilherme Giovannoni, Gui Deodato, Lucas Mariano, Nezinho, Renato Carbonari, entre outros. Os salários, contudo, atrasaram como no primeiro ano. Nesta temporada, chegou a ser cogitado em São Januário a saída do NBB, mas o time seguiu. Desde então, os problemas financeiros trouxeram processos ao Vasco. Em março, o GloboEsporte.com mostrou que as cobranças judiciais chegavam a quase R$ 3 milhões com ex-jogadores.

Na última temporada, com um time mais barato que nos últimos anos, o Vasco acabou na 13ª colocação e ficou de fora dos playoffs do NBB vencido pelo Flamengo. Desde que retornou ao basquete adulto, a equipe não decolou, chegou a avançar ao mata-mata, mas ficou aquém das expectativas.

Na última temporada, com um time mais barato que nos últimos anos, o Vasco acabou na 13ª colocação e ficou de fora dos playoffs.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget