Filipe Luís dará resposta ao Flamengo até, no máximo, sábado

GLOBO ESPORTE: Luiz Eduardo Baptista é uma das figuras centrais do Flamengo na gestão Rodolfo Landim. E seus poderes vão muito além da pasta que dirige. Em longa entrevista ao canal "Paparazzo Rubro-Negro", no YouTube, o dirigente confessou ter influência direta na chegada e saída de jogadores. Em determinado momento, resumiu até onde vai seu poder e esquivou-se daquela que era sua principal pauta na polêmica passagem pela gestão Bandeira de Mello: a elitização com o aumento do preço dos ingressos.

- Se você quiser que eu opine em cada centavo que gastamos com jogador, contrato, multa... Tem as minhas digitais em tudo neste processo. Sobre precificação do Maracanã, eu juro pelos meus filhos que não toquei nisso. Temos uma vice-presidência de marketing que faz um trabalho fantástico. Levamos mais gente do que qualquer clube no Brasil, temos média de 50 mil torcedores, e acho que o preço está justo. Se tem tanta demanda, entendo que está bem precificado.

Foto: Getty Images
O futuro de Cuéllar e a longa espera por Filipe Luís também foram abordados no bate-papo:

- É um assunto típico do dia a dia. O que eu sei é que a ausência do Cuéllar naqueles dias (pós-Copa América) não foi discutida como relevante. Então, se ele teve a liberação ou se falou com o Marcos Braz, não é assunto que compete ao conselho. Agora, sendo vice-presidente, acho que se fosse um ato de indisciplina saberíamos. O Cuéllar é um atleta exemplar, um ótimo profissional, um jogador que a torcida ama de paixão, e temos um elenco super qualificado. Não tem nada contra o Cuéllar, essa história de que estamos chateados. Como este caso, temos outros no dia a dia. O Flamengo vai jogar 40, 41 jogos no segundo semestre. Temos que ter elenco, tem espaço para todo mundo. Nunca chegou uma proposta concreta ao Flamengo para vender o Cuéllar, ele tem contrato até 2022. O contrato dele é maior que o do Landim. Tem um contrato, é profissional, assinou o que está estabelecido no contrato e tem que cumprir, declarou antes de falar sobre Filipe Luís:

- Acho que não faz (sentido esperar). Mas temos um conselho que entende que ele ainda é uma opção. Se ele vai voltar para Madrid, resolver se quer casar ou comprar uma bicicleta. Ele tem que resolver o que quer da vida. Tem uma proposta concreta do Flamengo. Se nos der uma resposta até 29 de julho, é bom porque ainda conseguimos inscrevê-lo. É isso. Se eu, BAP, acho que esperamos tempo demais? Eu, BAP, acho que sim. Estamos procurando como procuramos sempre. Quem quer ganhar tudo como estamos propondo, tem que ter dois times do mesmo nível, dois em cada posição. Tem que equilibrar bem o elenco, não basta ter só um bom por posição. Temos um elenco muito mais qualificado, mas ainda temos desafios. A fila vai andar, algum jogador pode ser comercializado, contrato acabando, propostas... O processo de qualificação é contínuo. Para essa janela, o que temos até agora deve ser o que vai acontecer. O futebol é dinâmico. Mas a bola que tem quicando é o Filipe Luís, que já está tudo negociado e depende dele. Ele tem que tomar uma decisão provavelmente até sexta, sábado agora. Para mim está muito claro, que se ele não decidiu ainda é que ele espera ter uma proposta melhor da Europa. Se ele não conseguir, vai dizer sim ao Flamengo. finalizou.

Ele não decidiu ainda porque espera ter uma proposta melhor da Europa. Se ele não conseguir, vai dizer sim ao Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget