Gabigol já iguala Liedson, Souza e Jean na artilharia do Flamengo

GLOBO ESPORTE: O primeiro gol da "Era Jesus" no Flamengo saiu dos pés do artilheiro do clube na temporada. Depois de Bruno Henrique viver um melhor momento no início do Campeonato Brasileiro, Gabigol retomou os holofotes marcando quatro dos cinco últimos gols da dupla, que tem participação direta em mais de 50% das bolas na rede do time na temporada. E a boa fase do camisa 9 já o igualou a outros goleadores rubro-negros neste século.

Com 15 gols na temporada, Gabigol já tem o mesmo número de redes estufadas que Liedson, Jean e Souza, goleadores do clube em 2002, 2004 e 2007, respectivamente. Antes, o camisa 9 também já havia repetido as artilharias de Renato Abreu em 2005 (14 gols), Henrique Dourado em 2018 (13), e Alecsandro e Cirino em 2015 (11). Com mais cinco meses no ano, as próximas marcas que pode bater são os 19 gols de Renato Abreu em 2006 e Adriano em 2009; os 20 de Guerrero em 2017; e os 21 do trio Deivid, Thiago Neves e Ronaldinho em 2011 e de Alecsandro em 2014.

Com 36 gols em 2013, Hernane Brocador detém a maior artilheria em um ano no Fla no séc. XXI

Foto: Divulgação
Em 2018, pelo Santos, Gabigol foi às redes 27 vezes e terminou como um dos artilheiros do Brasil. Mas no ano passado ele só havia marcado 13 até o fim de julho. Sua média no Flamengo, com 15 gols em 27 confrontos, está em 0,55 por jogo, superior ao 0,51 pelo Peixe em 52 partidas na última temporada. Acreditando estar com a melhor média da carreira, o atacante não traça meta de artilharia, mas admite vontade de quebrar o próprio recorde:

– Não é uma coisa que eu fico pensando, me preocupo mais jogo a jogo, em melhorar minhas características. Tenho tido uma média boa, acho que a melhor da minha carreira. Fiz gols em todas as competições, estou perto de entrar no top 10 dos artilheiros da Copa do Brasil... Tenho treinado bastante. Sempre foi um sonho, mas o que quero principalmente é ajudar, seja com gols ou passes.

Entre os "sonhos", Gabigol citou o top 10 de artilheiros da Copa do Brasil. Com o gol sobre o Athletico-PR na última quarta-feira, na Arena da Baixada, o camisa 9 chegou a 20 bolas na rede em cinco edições do torneio. Ele está a três de empatar com Gérson da Silva, ex-Santos, Inter e Atlético-MG e 10º colocado da lista. O maior artilheiro da história da competição é Romário, que fez 36 gols ao longo de sua carreira.

Com 36 gols em 2013, Hernane Brocador detém a maior artilheria em um ano no Fla no séc. XXI

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget