Gerson, um jogador completo

GOAL: Tauan Ambrósio

O Flamengo trouxe Rafinha para a lateral-direita, confirmou a chegada do zagueiro Pablo Marí e ainda negocia com Filipe Luís para o flanco esquerdo. Mas um dos pedidos feitos pelo técnico Jorge Jesus era ter outro meio-campista que pudesse chegar para disputar posição com Willian Arão. Em outras palavras, um segundo volante que saiba tanto exercer a função defensiva quanto sair para o jogo. Gerson, revelado pelo Fluminense e que pertencia à Roma, chega para esta função.

Aos 22 anos, o meio-campista, que na última temporada esteve emprestado à Fiorentina, chegará à Gávea por R$ 42 milhões – conforme informado aqui na Goal – e poderá ser boa opção no lado direito do 4-1-3-2 que o português costuma colocar em campo. Acima de tudo poderá entregar qualidade com uma qualidade diferente para o setor, que hoje tem como opções Willian Arão e Diego, que desde a chegada de Jesus ao Fla vem treinando mais recuado.

Gerson, novo jogador do Flamengo - Arte: @CaioCostaCrf
Durante boa parte de sua ainda curta carreira, Gerson já fez de tudo um pouco como meio-campista: já atuou mais recuado, avançado e até mesmo nas extremidades. A faixa de campo onde mais vezes disputou partidas foi como volante e meia pela direita. Na primeira temporada de Jorge Jesus no Benfica, 2009-10, uma de suas melhores, quem exercia função muito parecida era Ramires, que agora já mais veterano recentemente foi contratado pelo Palmeiras. Com características ligeiramente semelhantes, é possível ver Gerson desempenhando papel parecido, até porque o modelo de jogo imposto por JJ pouco mudou desde então.

“Os jogadores têm que entrar no meu modelo de jogo. Não vou criar um modelo de jogo em função dos jogadores”, já disse o luso, nos tempos em que ainda estava em seu país.

Gerson foi um dos únicos destaques em uma Fiorentina que lutou até o fim contra o rebaixamento na Itália: teve bons números defensivos e ainda provou seu talento quando avançava: terminou a campanha como vice-assistente [3 passes para gols] e três tentos anotados. Ataca, mas sabe defender. Ou talvez seja mais seguro dizer que defende, mas também sabe atacar.

Completo, como o treinador quer

Jorge Jesus já fez questão de evidenciar, com as alterações realizadas na estreia contra o Athletico, que imagina ver suas peças desempenhando mais de uma função dentro de determinada faixa do gramado. Willian Arão, tido como segundo atacante, é considerado como “primeiro” pelo luso. Gerson é jovem e pode ser opção não apenas para Arão, um pouco mais avançado: também chega também como sombra a Diego e até mesmo a Arrascaeta. De qualquer forma, é alguém que chega para dar novas opções a um elenco que já possui várias e que se encaixa bem no modelo de jogo pensado pelo treinador rubro-negro.

O meia do Flamengo pode ser opção não apenas para Arão. Ele também chega também como sombra a Diego e até mesmo a Arrascaeta.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget