Inquieto, Jesus mostra cara no Flamengo e encara torcida dividida

UOL: Jorge Jesus finalmente fez sua estreia pelo Flamengo no empate por 1 a 1 com o Athletico-PR, na Arena da Baixada, na última quarta-feira. O português já teve que encarar a ira da torcida logo em seu primeiro ato. Sem contar com Rafinha ainda, Rodinei foi titular na lateral. Mas o que realmente irritou foi a escolha de barrar Diego para manter Willian Arão no time principal.

Jesus ainda conseguiu mostrar seu potencial durante o segundo tempo ao mexer no time e mudar a postura da equipe, que perdia e reagiu ao arrancar o empate. O treinador percebeu que seu trabalho não será nada tranquilo no Flamengo.

Jorge Jesus, treinador do Flamengo - Foto: Divulgação
Expectativa
Jorge Jesus gerou grande expectativa na torcida. O português é o maior vencedor de seu país e caiu nas graças da torcida antes mesmo do primeiro jogo. E a empolgação aumentou ainda mais durante o período de treinamentos. O novo treinador esboçou um time mais ofensivo, com Diego na vaga de Willian Arão.

Torcida reage com velhos conhecidos entre titulares
A empolgação deu uma verdadeira murchada com a divulgação do time titular para a partida contra o Athletico-PR. Diego voltou para o banco de reservas e Willian Arão surgiu novamente ao lado de Cuellar. Além disso, Rafinha não fez sua estreia e ficou os 90min no banco de reservas para Rodinei. A torcida não gostou nem um pouco disso.

Sufoco no início
Para piorar, o desempenho do time foi muito ruim no primeiro tempo. Pressionado pelos donos da casa, o Flamengo quase não conseguiu chegar ao gol adversário. A verdade é que o Athletico estava muito mais próximo de abrir o placar e até mesmo merecia uma sorte melhor.

Mexe bem no segundo tempo e arranca empate
Jorge Jesus, porém, mostrou no segundo tempo porque gerou tanta expectativa nos torcedores. Ele sacou Cuellar, recuou Willian Arão e lançou Diego em campo. Além disso, trocou Vitinho por Everton Ribeiro. A melhora foi imediata. O Flamengo melhorou, arrancou o empate e controlou o duelo. Mais próximo do fim do jogo, o português voltou à tática original com a entrada de Piris da Motta na vaga de Bruno Henrique para garantir o empate fora de casa.

Inquieto e adepto de duras cobranças
O técnico Jorge Jesus mostrou que é daqueles que não param um segundo sequer. O português andava de um lado para o outro e mostrava muita irritação com determinados fatos. Após um erro de posicionamento de Vitinho em um dos gols anulados do Athletico-PR, ele deu uma senhora bronca no atacante, que chegou a reagir e foi contido por companheiros.

Insistência com Arão gera críticas a Jesus
Jorge Jesus já sentiu um pouco do gostinho do que significa treinar o Flamengo. Logo em sua estreia, insistiu em manter Willian Arão entre os titulares. A decisão se mostrou totalmente impopular entre os torcedores que reclamaram bastante nas redes sociais. O português fez elogios ao atleta após o empate: "volante inteligente e com intensidade".

Mas o que realmente irritou foi a escolha de barrar Diego para manter Willian Arão no time principal.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget