Mauro defende tempo a Jesus no Flamengo: "É um choque cultural"

O DIA: As câmeras teimaram em captar as reações de Jorge Jesus à beira do campo, quarta-feira, no empate do Flamengo com o Athletico-PR (1 a 1), pela Copa do Brasil. Também pudera: o primeiro jogo do treinador era tão aguardado quanto o próprio time, que parou quase um mês para a Copa América. O mais desconfiado pode dizer que o português estreou sem vencer; para o torcedor que analisa o 'copo meio cheio', ele arrancou um empate em território hostil para o Rubro-Negro. Afinal, foi positiva ou negativa a estreia de Jesus?

O DIA convidou o jornalista Mauro Cezar Pereira, comentarista dos canais 'ESPN', que ressaltou a dificuldade de estrear na Arena da Baixada, estádio de pouquíssimas boas lembranças dos torcedores - em 20 jogos, apenas uma vitória, em 2011.

Jorge Jesus com torcedor do Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Mauro Cezar avaliou atuações bem diferentes do primeiro para o segundo tempo. Para o jornalista, o mérito de Jorge Jesus foi ter colocado em campo um time mais coletivo, organizado e propositivo - chegou a pressionar o Athletico em determinado momento.

"Foi uma estreia razoável. Foi um time que marcou mais alto, que se propôs a ter mais a posse, que tocou mais a bola e definiu as jogadas. O Flamengo não jogou fechado", comentou.

"E todos os times têm sofrido na Arena da Baixada. O Boca Juniors, vice-campeão da última Libertadores, tomou de três lá esse ano. O River Plate, atual campeão, também perdeu (pela Recopa Sul-Americana). Era o pior cenário possível para a estreia, mas o time teve um desempenho bom, na média entre o primeiro e o segundo tempos".

Tarimbado quando o assunto é Flamengo, Mauro destacou a importância de o técnico ter tempo para trabalhar e apontou que as novas ideias de Jorge Jesus podem oxigenar o futebol brasileiro.

"O trabalho dele é uma questão de tempo. Não é no jogo da semana que vem, contra Goiás, Athletico ou Corinthians, que vai ficar tudo perfeito. Mas, o mais importante é estar falando sobre esse trabalho. Ele traz ideias novas para o Brasil, é um choque cultural, e isso é o fundamental".

Mauro destacou a importância de o técnico ter tempo para trabalhar e apontou que as novas ideias de Jorge Jesus podem oxigenar o futebol brasileiro.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget