Torcida brasileira hostiliza Guerrero em final no Maracanã

GLOBO ESPORTE: A chance de que a torcida brasileira pegaria no pé de Guerrero neste domingo era clara como o céu do Rio de Janeiro, que fez sol durante o dia inteiro e propiciou aos jogadores de Brasil e Peru uma tarde agradável para jogar futebol.

A implicância com o camisa 9 peruano foi do início ao fim e pavimentou a comemoração pelo título da Copa América no Maracanã, que também teve vibração com a cerimônia de encerramento regida por Anitta, "ola" logo nos primeiros minutos, queda do presidente Jair Bolsonaro, alguns sustos e, por fim, festa com a vitória por 3 a 1.

Os 69.906 torcedores (o maior público da competição), com renda de R$ 38 milhões (recorde na história do futebol brasileiro), implicaram com Guerrero, óbvio, porque ele era a principal peça da seleção adversária, mas também por se tratar de um jogador que passou pelo futebol carioca e não deixou muita saudade, já que a saída do Flamengo no ano passado se deu de manira conturbada.

Guerrero chorando pela Seleção do Peru - Foto: Divulgação
Hoje ele defende o Internacional. Logo na divulgação da escalação, quando os jogadores aparecem um a um no telão do estádio, o nome do atacante foi o mais vaiado.

Antes de prosseguir com o duelo torcida brasileira x Guerrero, um parêntese para a cerimônia de encerramento, que teve Anitta e o artista porto-riquenho Pedro Capó. A cantora animou o público com "Downtown" e fez os presentes vibrarem bastante antes de rolar a bola.

Com o início de jogo, no primeiro toque de Guerrero na bola, numa jogada pela esquerda do ataque peruano, o estádio veio abaixo em vaias. E aí, das arquibancadas, surgiu a adaptação da música "Mil Gols", que exalta Pelé, mas que dessa vez hostilizou o centroavante do Internacional: "... e o Guerrero é cheirador!".

A festa ganhou ainda mais combustível com o gol de Cebolinha, aos 14 minutos do primeiro tempo: jogadaça de Gabriel Jesus pela direita que o camisa 19 só concluiu na segunda trave. Esse também foi o momento de uma cena engraçada: o presidente Jair Bolsonaro, presença ilustre nas tribunas do Maracanã neste domingo, se desequilibrou ao comemorar e precisou agarrar o braço de Sergio Moro, Ministro da Justiça.


Animados, os brasileiros puxaram aos 20 minutos uma "ola" que deu voltas e voltas no estádio. Alguns gritos de "Uh, é Cebolinha" também foram entoados quando Everton pegou na bola, só que o entusiasmo recebeu um balde de água fria quando o árbitro chileno Roberto Tobar Vargas marcou pênalti para o Peru. Só aí foi possível se dar conta de que havia peruanos no Maracanã, e eles obviamente fizeram a festa quando a cobrança de Guerrero foi parar no fundo das redes.

A sorte é que Gabriel Jesus, depois de grande jogada de Arthur, pôs novamente o Brasil na frente nos acréscimos e permitiu aos torcedores um alívio antes do intervalo.

O início do segundo tempo reservou aos brasileiros um pouco de tensão. Afinal, vencer por 2 a 1 é o famigerado placar perigoso, e toda chegada da seleção peruana resultava em agonia e gritos por parte da torcida. Por outro lado, as investidas de Philippe Coutinho pelo meio faziam as pessoas se levantarem das cadeiras. E foi assim até os 24 minutos, quando Gabriel Jesus foi expulso. A partir daí, foi a apreensão que tomou conta mesmo.

O tempo demorou a correr. Com a bola nos pés da seleção peruana, o silêncio tomava conta do Maracanã. Afinal, havia o medo de que os caras pudessem empatar. Esse foi de fato o momento mais agoniante. No entanto, com o pênalti marcado em cima de Cebolinha, e a cobrança precisa de Richarlison já aos 44, os gritos foram imediatos.

- É campeão!

Já que a saída do Flamengo no ano passado se deu de manira conturbada.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget